Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/10/2010 - Extra MT Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Gaeco reforça acusação de envolvimento de empresário com quadrilha

Por: Clênia Goretth


O Ministério Público do Estado, por meio do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), esclarece que, ao contrário do que foi veiculado em alguns veículos de comunicação, a concessão de liberdade provisória ao acusado Celso Luiz Lodea não significa que o mesmo é inocente e que teria sido preso por engano.

O promotor de Justiça Arnaldo Justino da Silva explica que a decisão judicial refere-se apenas ao fato de não existir evidências de que a segregação ou liberdade do acusado possa colocar em risco a aplicação da lei penal. “Se há ou não o envolvimento do acusado nos crimes descritos na inicial, certamente serão provados em momento oportuno, porém, ao mesmo por ora, entendo desnecessária a manutenção da cautelar preventiva do Paciente por não vislumbrar que sua segregação ou sua liberdade possa por em risco a aplicação da lei penal

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 157 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal