Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/10/2010 - O Dia Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpe do falso detetive faz cada vez mais vítimas

Por: Francisco Edson Alves

Estelionatários que anunciam serviço pela Internet extorquem clientes.

Rio - A professora J., de 48 anos, quis obter informações sobre um homem que passou a persegui-la. Pela Internet, contratou detetive particular, que marcou encontro num shopping. Após entregar R$ 400 ao suposto investigador — que lhe cobrou R$ 800 pelo serviço —, ela descobriu que fora vítima de golpe. Segundo a Academia de Inteligência Privada, que forma profissionais do ramo no Rio, casos assim são cada vez mais comuns.

Levantamento da entidade estima que mais de 100 ‘Sherlock Holmes’ de araque atuam na capital. “Sem escritórios fixos e usando nomes fictícios, estelionatários montam páginas com dados inexistentes, exceto números de celulares, que sempre são trocados. Os golpistas se aproveitam do momento frágil das vítimas, que acabam se tornando reféns, pois os picaretas obtêm dados sigilosos”, ressalta o diretor da academia, Luiz Cláudio Gomes.

O detetive Silva Santos, dono de uma das empresas mais respeitadas do País, com mais de 10 mil clientes, ressalta que das cerca de 12 pessoas que o procuram por mês, em média, pelo menos a metade revela já ter sido enganada por criminosos.
“Golpistas não têm formação confiável, não possuem endereço e telefone fixos e, muito menos, concedem nota fiscal”, alerta Santos.

J. diz que o ‘detetive’ que lhe enganou se apresentou como Rafael, mas a polícia acredita que o nome seja falso. Investigações indicam que seu primeiro nome, na verdade, seria Aécio. Sem reaver seus R$ 400, ela criou um blog para que outras possíveis vítimas do mesmo acusado também o denunciem.

Procurado por O DIA, o suposto detetive Rafael não foi encontrado. Em sua página na Internet, em que oferece até cursos, não há endereços fixos e os três telefones — dois celulares e um fixo — estavam desligados.

Contra-ataque em falsário

Além de denunciar o golpe que diz ter sofrido à 27ª DP (Vicente de Carvalho), J. acabou se transformando numa espécie de detetive. Ela atraiu o suposto golpista até sua casa, onde montou esquema com microcâmeras. As imagens do suposto detetive, que atuaria com uma mulher, foram entregues à polícia. “As filmagens provam o golpe e ajudarão nas investigações. Quero evitar que outros sejam lesados”, desabafa.

Investigação pode custar R$ 20 mil

Investigador particular é profissão reconhecida pelo Ministério do Trabalho. Encontros com um detetive particular, porém, nunca devem ser marcados em casa, shoppings ou restaurantes, e, sim, no escritório do profissional. Preços baixos podem ser golpe. Investigações conjugais, de envolvimento de filhos com drogas e roubos em empresas podem variar de R$ 4 mil a R$ 20 mil, nas agências mais tradicionais.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 2320 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: Marie-Hélène Hamel - 18/06/2016 12:54

O TAL DO DETETIVE PAULO DO SITE www.detetivesnobrasil.com.br é UM GOLPISTA ! NAO CONTRATEM OS SERVIÇOS DESSE PSEUDO-DETETIVE. FUI VITIMA DAS "PRESTAÇOES" DESSE SUJEITO E PERDI 2000 REIAS. PROTEJAM-SE E DIVULGUEM ! 65279 CNPJ DA EMPRESA (02.986.132/0001-60).



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal