Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

01/10/2010 - Jornal de Negócios Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Esquema de pirataria informática desviou 70 milhões de dólares nos EUA

Por: Francisco Cardoso Pinto

FBI anunciou a descoberta de um esquema internacional de pirataria informática e a detenção de 39 pessoas envolvidas na operação que desviou 70 milhões de dólares.

FBI anunciou a descoberta de um esquema internacional de pirataria informática (ver como funciona no link em anexo) e a detenção de 39 pessoas envolvidas na operação que desviou 70 milhões de dólares. 92 pessoas foram acusadas e 39 foram detidas como partes integrantes de um esquema internacional de pirataria informática que desviou 70 milhões de contas bancárias de pequenas empresas, câmaras municipais, igrejas e outras vítimas nos EUA, anunciou hoje o FBI. O esquema envolvia vários países, tendo a polícia federal norte-americana colaborado com as autoridades do Reino Unido (onde 20 pessoas foram detidas), da Ucrânia (cinco pessoas detidas) e da Holanda, para desmantelar o esquema. Os “hackers” utilizavam um programa desenhado para romper um sistema, contido em e-mails aparentemente inofensivos, enviados para computadores de pequenas empresas ou de câmaras municipais, avançou o FBI à Bloomberg. Quando o programa era aberto, gravava as teclas pressionadas pelo utilizador do computador, tendo assim acesso a números de conta, palavras-chave e outros códigos de segurança, assim que as vítimas acediam às suas contas bancárias. Com a informação obtida, os “hackers” depois tomavam controla das referidas contas bancárias e faziam transferências para contas controladas por outros perpetradores. As contas que recebiam os fundos eram detidas por pessoas residentes nos EUA com vistos de estudante e que eram recrutadas pela organização criminosa. Aos detentores das contas de destino dos fundos eram fornecidos passaportes falsos e dadas instruções para abrir contas sob nomes falsos. Não obstante o sucesso da operação de captura, o director do FBI Robert Mueller não entra em euforias. “Nenhum país, nenhuma empresa, nem nenhuma agência conseguirá parar o crime informático”, garantiu Mueller.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 203 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal