Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

30/09/2010 - Correio Braziliense / Agência Brasil Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Movimento quer proibir saques acima de R$ 20 mil antes das eleições em AL


Maceió - A três dias das eleições, o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral entrou com uma representação na Procuradoria Regional Eleitoral de Alagoas pedindo que os saques acima de R$ 20 mil sejam proibidos em todo o estado.

Atualmente, as agências bancárias de Alagoas devem informar à Justiça Eleitoral sobre os saques acima de R$ 10 mil reais, seguindo determinação do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL).

Segundo o coordenador do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral em Alagoas, Antônio Fernando da Silva, a representação visa a aumentar o rigor contra a compra de votos no estado. “A intenção é evitar que, neste período, circulem vultosas quantias para a compra dos votos e buscar um freio de mão para esse tipo de situação.”

O monitoramento dos saques acima de R$ 10 mil foi determinado pelo TRE-AL a pedido do procurador regional Eleitoral no estado, Rodrigo Tenório. Desde 28 de setembro, os bancos estão obrigados a fornecer esse tipo de informação diariamente à Justiça Eleitoral.

Em nota, o Ministério Público Federal de Alagoas disse que a medida previne o crime eleitoral. “Quanto mais vulnerável a população, mais propício é o ambiente para a compra de votos. Conhecer desde já os responsáveis por vultosos saques em espécie e os locais onde se dão tornará mais eficiente a investigação criminal e permitirá, inclusive, a atuação preventiva do Ministério Público.”

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 124 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal