Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/06/2007 - Último Segundo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Unesco denuncia corrupção na educação mundial


Pagamentos ilegais de matrícula, fraudes nos exames, malversações de fundos, licitações públicas irregulares e outros métodos ilegais prejudicam seriamente os sistemas de educação do mundo inteiro, segundo um relatório da Unesco divulgado esta quarta-feira.


O texto é resultado de vários anos de pesquisa em 60 países nos quais a raiz do problema e seu custo social foram analisados, além dos meios para remediar a situação.

"A corrupção generalizada na educação não apenas custa às nossas sociedades bilhões de dólares, como também mina seriamente os esforços para dar educação a todos", denunciou o diretor-geral da Unesco, Koichiro Matsura.

Segundo Matsura, esta situação "impede os pais menos favorecidos de enviar seus filhos para a escola, priva alunos e colégios de material, prejudica a qualidade da docência e, em conseqüência, o nível da educação em geral, além de comprometer o futuro os jovens".

O relatório da Organização da ONU para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) revela que estas práticas corruptas existem tanto nas nações pobres como nas ricas.

Segundo o informe, os desvios de fundos destinados pelos governos às escolas podem representar, em alguns países, até 80% do total dos recursos destinados aos estabelecimentos.

Este revela também que a corrupção no ensino superior possui formas muito variadas como "fraudes na educação transfronteiriça, universidades fictícias ou títulos imaginários".

"Entre 2000 e 2004, o número de universidades fictícias na internet quadruplicou e passou de 200 para 800", explica a organização.

Os autores do relatório fazem recomendações para lidar com o problema da corrupção, como por exemplo, estabelecer procedimentos transparentes e regras claras, melhorar a gestão, prestação de contas e supervisão do quadro administrativo ou facilitar o acesso do público à informação.

"Mas, acima de tudo, o fator que tem uma influência mais decisiva na luta contra a corrupção é evidentemente a vontade política nas mais altas esferas governamentais", ressalta o documento.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 379 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal