Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

26/09/2010 - Jornal Cruzeiro do Sul Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Idosa perde R$ 31,5 mil no golpe do bilhete


Uma senhora de 81 anos foi vítima do golpe do bilhete e perdeu para duas golpistas a quantia de R$ 31,5 mil. O crime foi praticado na tarde de quinta-feira passada, na rua Quinze de Novembro, Centro de Sorocaba. A mulher, abalada, só registrou a ocorrência na tarde deste sábado, na delegacia do plantão sul da Polícia Civil.

Ao sair de casa, por volta das 13h daquele dia, a vítima foi abordada por uma moça, aparentemente simples, e, como se querendo chorar, a estelionatária envolveu a senhora com a história de que morava em Votorantim e de que havia chegado a Sorocaba para trocar um bilhete premiado. Ela, porém, estava muito nervosa porque se perdeu e não sabia onde era o banco. Sensibilizada, a mulher tentou ajudar, quando surgiu, em um carro preto, outra mulher, alta, bem vestida, perguntando o que estava acontecendo. A história foi recontada, porém, a suposta votorantinense aumentou um pouco, dizendo que estaria disposta a oferecer R$ 50 mil para quem a ajudasse.

Fingindo estar também sensibilizada com a história, a segunda golpista, para dar valor ao golpe, pediu para que a vítima e a mulher necessitada esperassem um pouco. Minutos depois, a mulher alta voltou com uma sacola contendo dólares, certamente, falsos. Em seguida, mandou que as duas entrassem no carro para irem até o banco da vítima para sacar dinheiro que ela tinha em investimentos.

Antes, porém, a senhora passou na casa dela e pegou a quantia de R$ 1.500 e, em seguida, acompanhada sempre da segunda estelionatária percorreu cinco agências em três horas sacando a quantia de R$ 30 mil em parcelas: R$ 5 mil de quatro bancos e R$ 10 mil de outra agência, somando-se a quantia de R$ 31.500, incluído o dinheiro que a vítima havia pego em casa. De posse do dinheiro da mulher, a dupla de golpistas foi até o banco em que pagaria o valor do suposto bilhete premiado.

Enquanto a mais simples ficou no carro, a segunda golpista e a vítima entraram na agência. A mulher pediu à senhora que esperasse um pouco, pois iria buscar uma sacola para guardar o dinheiro do bilhete. A octagenária esperou por quarenta minutos, sentada na tal agência, quando, então, constatou que havia sido vítima de um golpe. Abalada, foi embora para casa, registrando a ocorrência apenas neste sábado.

A delegada de plantão, Darly Maria Miola Kluppel, orienta as pessoas a não caírem em conversa de dinheiro fácil, pois, certamente, estará sendo vítima de um golpe. Segundo ela, as pessoas acreditam na possibilidade de ganhar dinheiro fácil, mas quando se dão conta descobrem que perderam dinheiro fácil. Essa não é a primeira vez que golpistas enganam aposentados e pessoas de idade. “Deve-se ficar sempre atento a essas falsas oportunidades”, alerta. Se for abordado por alguém com histórias parecidas, a delegada orienta a pessoa a procurar a polícia imediatamente. (Fernando Guimarães)

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 179 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal