Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/09/2010 - iOnline Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Operação Atlântico. Detidos mais dois burlões de cartões multibanco

Por: Augusto Freitas de Sousa


A origem é quase sempre a mesma: o cidadão comum dá conta de levantamentos que não se lembra de ter feito e vai ao balcão do seu banco. A denúncia segue para a Polícia Judiciária, que passa a investigar o caso.

A Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC) da Polícia Judiciária (PJ) deteve quatro homens, de 26, 37 e 41 anos, por suspeitas de falsificação de cartões multibanco. Em Agosto detiveram dois portugueses - que ficaram com a medida de coacção de obrigatoriedade de apresentações diárias - e, este fim-de-semana, no âmbito da mesma investigação, foram detidos dois brasileiros que ficaram em prisão preventiva. Ao que tudo indica, o juiz de instrução optou pela medida mais gravosa (prisão) por haver perigo de fuga. Há cerca de seis anos, cinco moldavos foram detidos pelo mesmo tipo de crimes e, como ficaram apenas com termo de identidade e residência, todos fugiram.

A investigação da UNCC cruzou os levantamentos indevidos dos diversos cartões e detectou uma zona onde os suspeitos actuavam. Segundo os primeiros relatos, os detidos instalavam um leitor de dados (Skimmer) nas ranhuras que permite abrir as portas para o local onde está o ATM. Posteriormente, os códigos eram registados através de uma mini-câmara de filmar. Cá fora, os suspeitos registavam os horários para fazerem coincidir dados e códigos.

Uma das dificuldades da investigação foi a alteração dos locais, uma vez que os dispositivos eram, por vezes, colocados em caixas Multibanco diferentes. Outro pormenor detectado foi a avaria de algumas caixas ATM nas zonas onde os burlões atacavam. A ideia era avariar algumas caixas de levantamento e deixar operacional a que continha os dispositivos de leitura.

Na posse dos dados, os suspeitos transferiam-nos para cartões falsificados (cartões de pontos de postos de combustíveis, cartões em branco, chaves electrónicas, cartões de ginásios, etc.) e levantavam dinheiro nos ATM. O i apurou que os suspeitos nem sequer protegiam a sua identidade quando procediam aos levantamentos.

A PJ fez buscas domiciliárias e apreendeu "equipamentos - incluindo frontais de caixas Multibanco - e material diverso utilizado para a contrafacção de cartões e uma grande quantidade de cartões contrafeitos já aptos a serem utilizados no levantamento de dinheiro". Ainda segundo as autoridades, os quatro portugueses e brasileiros movimentaram cerca de duas centenas de cartões falsos, com prejuízos na ordem dos 76 mil euros. Apesar do número já contabilizado, a Polícia Judiciária admite que os montantes possam ser ainda mais elevados.

Os detidos estão acusados da prática de crimes de contrafacção de títulos equiparados a moeda (cartões bancários), passagem de moeda falsa, burla informática e associação criminosa.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 146 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal