Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/09/2010 - Pantanal News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem diz trabalhar na NET e lesa cliente em R$ 2,8 mil

Por: João Humberto


Um golpista que se passou por funcionário da empresa NET deixou um rombo de R$ 2,8 mil na conta telefônica de uma cliente de 50 anos, em Campo Grande. A ocorrência de estelionato foi registrada por ela na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), nesta terça-feira, às 18h49.

Segundo ela, no dia 1º deste mês, por meio de uma ligação em sua residência, um homem se passando por funcionário da NET disse que a empresa estava com problemas e que seria necessária uma manutenção em sua rede. O golpista então pediu que a vítima lhe confirmasse alguns dados pessoais como nome completo, CPF, data de nascimento e endereço.

Ao fim da ligação, o falso funcionário assegurou que manutenção teria que ser feita no sistema NET da casa da cliente e agendou horário para o dia seguinte, às 11h. Neste dia o golpista novamente ligou para a casa da cliente e pediu que ela informasse outro número para a programação de linha fixa, sendo passado o número de seu telefone celular.

Em ligação ao celular da cliente, o autor do golpe pediu para ela digitar vários números em seu aparelho telefônico fixo da NET e depois explicou que ela tinha de esperar uma confirmação de programação aceita.

Ontem, no entanto, quando tentou fazer uma ligação de sua linha fixa, a vítima não conseguiu. Sempre que tentava a cliente recebia a informação de que a linha estava bloqueada para análise.

Foi então que a cliente se deslocou até o escritório da NET, na avenida Afonso Pena, no intuito de sanar o problema de seu telefone. No local ela recebeu a informação de que havia um débito de R$ 2,8 mil em sua conta e que também tinha sido efetuada programação “siga-me” em sua linha e que o número de sua residência estava sendo usado por um aparelho celular, cujo número é desconhecido pela empresa.

Por ter sido vítima de golpe de estelionato, a vítima foi orientada a registrar ocorrência na Depac.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 152 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal