Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

11/09/2010 - Tribuna do Norte Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem é preso ao instalar "chupa-cabra" em caixa eletrônico


A máfia que frauda caixas eletrônicos para clonar cartões de crédito tentou, ontem pela manhã, mais um golpe em Natal. Porém, o sistema de segurança do Supermercado Nordestão do conjunto Santa Catarina flagrou os bandidos enquanto tentavam violar um dos caixas eletrônicos da loja e acionou a Polícia Militar. Após tentar fugir e trocar tiros com os PMs, André Lima de Azevedo, 27 anos, levou dois tiros na perna, foi preso e levado para o Hospital Walfredo Gurgel. Seu comparsa, de nome não identificado, acabou escapando.

Quando foi flagrada, a dupla estava instalando um “chupa-cabra” dentro de um terminal da Caixa Econômica Federal (de número 20105002) situado na entrada do supermercado. Trata-se de um tipo de CPU, ligado com celular e cabo, que se conecta com o teclado do caixa e assume as funções do terminal. Em vez de acessar o sistema do banco, o cliente se liga ao “chupa-cabra”, que copia as informações da tarjeta magnética do cartão e possibilita sua clonagem, inclusive com a senha. De posse dos dados, os bandidos criam um cartão falso e podem usá-lo para sacar dinheiro ou fazer compras.

“Eles chegaram normalmente, por volta das 7h30, se passaram por funcionários da firma que faz a manutenção e abriram a máquina. Mas nosso pessoal notou que eles não eram da empresa e chamou a polícia. Nesse momento, os dois fugiram, mas foram perseguidos e pegos”, informou o encarregado de segurança do Nordestão, Edmilson Alves. A captura foi facilitada porque os policiais ficam postados bem em frente ao supermercado, na Base Comunitária de Segurança, instalada em parceria entre o Nordestão, a Prefeitura de Natal e o Governo do Estado.

Segundo o soldado PM Galvão, quando os policiais chegaram ao local, os acusados já haviam fugido a pé. “Fomos atrás e eles atiraram em nós. Um entrou numa casa, atrás do hospital Santa Catarina, onde foi baleado duas vezes na perna e preso. O outro escapou”, disse. Após ser medicado no Walfredo Gurgel, o preso seria levado para a Polícia Federal, onde deverá ser feita a autuação em flagrante. Dois peritos da PF foram ao local, às 11h de ontem, para fazer a perícia técnica no equipamento. Segundo o soldado PM Galvão, André Lima de Azevedo já é investigado por crimes em São Paulo e Minas Gerais.

É difícil para um leigo notar a diferença entre um caixa normal e outro com o “chupa-cabra” instalado. Segundo um técnico da empresa que faz as varreduras nos terminais da Caixa, o equipamento copia o layout dos caixas normais, só que de forma mais grosseira. No caso de ontem, as letras que apareciam na tela do caixa “contaminado” eram bem maiores do que o normal. “Só quem consegue detectar o problema são os especialistas”, afirma.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 141 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal