Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/09/2010 - Diário de Pernambuco Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia diz que viúva tinha plano de golpe milionário

Morte de Professor. Psicoterapeuta presa pode ter participação em outras mortes.

A situação de Ana Terezinha Zanforlin Sperança, de 51 anos, ficou mais complicada. Após ser presa, sob acusação de mandar matar o próprio marido, o professor Paulo Augusto Sperança, 53, - encontrado morto no último dia 8 de agosto, no bairro dos Torrões -, ela também está sendo investigada por exercício ilegal da profissão. Em entrevista exclusiva à TV Clube/Band, a delegada Sylvana Lellis, responsável pelas investigações sobre o caso, apontou o envolvimento de Ana Terezinha em um golpe milionário e suspeita que ela tenha participado de outras mortes.

A delegada também adiantou estar investigando a participação de outros médicos e advogados no esquema criado pela acusada. A esposa de Paulo Augusto Sperança estaria planejando um golpe em outra família e o valor era superior a R$ 1 milhão. "Uma testemunha veio denunciar a outra trama ao saber da prisão", disse Sylvana Lellis, que não entrou em detalhes sobre o crime.

Até o momento, a polícia já confirmou o envolvimento de Ana Terezinha em três crimes. A tentativa de homicídio sofrida por Paulo Sperança, em dezembro, o assassinato dele, e o exercício ilegal da profissão que pode ter culminado na morte de outras pessoas. "Estamos recebendo denúncias de pacientes que recebiam receituários de medicamentos das mãos de Ana Terezinha e já existem provas claras disso", disse Lellis.

Segundo a delegada, outras pessoas estão sendo investigadas, incluindo advogados e médicos que podem tê-la assessorado nos procedimentos irregulares. Na tarde de ontem, a delegada colheu o depoimento do psiquiatra Tárcio Fábio Ramos de Carvalho, que teria tratado de problemas emocionais de Ana Terezinha há dois anos. No consultório dela, foram encontrados receituários assinados por ele. "Eu fui médico de Ana Terezinha há algum tempo, não posso dar detalhes do tratamento por uma questão de ética. Mas estávamos sem contato há quase um ano. Ela pode ter pego os receituários no meu consultório, sem autorização, mas eu desconheço o fato", disse.

Ana Terezinha prestou depoimento à noite mas, até ofechamento desta edição, ele não havia terminado. A denúncia de exercício ilegal da profissão está sendo investigada pela delegada Vilaneida Aguiar, do DHPP. Ela disse que as diligências estão no início, mas que deverá indiciar Ana Terezinha. "Durante as investigações do assassinato de Paulo Sperança, várias pessoas se referiam a ela como médica. Ela se apresentava como psicanalista e psicopedagoga. Mas não poderia prescrever medicamentos".

No consultório de Ana Terezinha, a polícia achou cartões de visitas, receituários e uma agenda com nomes de pacientes com atendimentos marcados. Na tarde de ontem, o filho de uma provável vítima do exercício ilegal da profissão por parte de Ana Terezinha Zanforlin foi até o DHPP. O rapaz - que preferiu não se identificar - informou que a mãe dele teria feito um tratamento com a "médica" e após passar por um procedimento irregular, teria morrido.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 1040 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal