Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

01/09/2010 - Decision Report Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

A cada 8 mensagens 1 traz link suspeito, diz Symantec


Ao final de 2009, a Symantec divulgou algumas das prováveis tendências de segurança para o ano de 2010. Neste ano, os especialistas da companhia fazem um novo balanço para verificar quais foram as tendências que se concretizaram e o que pode ser esperado para os próximos meses em termos de segurança da informação.

Foram prevista que 1 em cada 12 mensagens instantâneas no ano de 2010 traria um dominio considerado suspeito ou mallicioso. A previsão se confirmou. Em 2009, 1 em cada 78 mensagens instantâneas traziam links suspeitos. Até agora, no primeiro semestre de 2010, essa razão já aumentou para 1 em cada 8 mensagens.

Antivírus já não é suficiente. Com o aumento das ameaças exclusivas em 2009, a indústria percebeu que as abordagens tradicionais de antivírus, com assinaturas de arquivo, não são mais suficientes para se proteger contra as ameaças atuais. Abordagens de segurança que buscam maneiras de incluir todos os arquivos de software, como a segurança baseada em reputação, vão se tornar essenciais em 2010.

Aplicações de terceiros para redes sociais serão alvo de fraudes. De acordo com a companhia, com a popularidade dos sites de redes sociais, o aumento das fraudes contra os usuários irá aumentar. No mesmo sentido, os proprietários desses sites tendem a criar medidas mais pró-ativas para enfrentar essas ameaças.

À medida que isso ocorrer e esses sites também oferecerem aos desenvolvedores acesso mais fácil a suas APIs, os invasores provavelmente vão passar a buscar vulnerabilidades nas aplicações de terceiros para ter acesso às contas dos usuários de redes sociais, assim os invasores irão explorar mais os plug-ins quando os navegadores se tornaram mais seguros.

Outra tendência divulgada pela Symantec é o crescente número de botnets Fast Flux. Usando uma combinação de redes peer-to-peer, comando e controle distribuídos, balanceamento de carga baseada na Web e redirecionamento de proxy, a técnica dificulta o rastreamento da localização geográfica da origem das botnets. À medida que as iniciativas da indústria continuarem a reduzir a eficácia das botnets tradicionais, a companhia espera o maior uso dessa técnica para realizar os ataques.

De acordo com as previsões da companhia, os malwares especializados foram descobertos em 2009 e tinham como alvo certos caixas eletrônicos, o que indicou um grau de conhecimento específico sobre seu funcionamento e sobre como eles podem ser explorados.

Essa tendência pode permanecer em 2010, incluindo a possibilidade de que esses tipos de malware passem a atacar sistemas de votação eletrônicos usados tanto em eleições políticas quanto em sistemas de telefonia conectados a concursos e reality shows em televisão.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 143 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal