Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

31/08/2010 - Infonet Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia Federal prende mulher acusada de tentar fraude com o INSS

O prejuízo potencial aos cofres públicos pode superar a cifra de R$ 230.000,00 ao ano.

A Polícia Federal (PF), em trabalho conjunto com a Assessoria de Pesquisa Estratégica e Gerenciamento de Risco do Ministério da Previdência Social – representação Sergipe – (APEGR-SE) prendeu em flagrante da segurada A.C.S, 38 anos, por apresentar atestado médico falso em exame pericial na Agência da Previdência Social do Bairro Siqueira Campos, nesta Capital. A mulher foi detida na tarde da última segunda-feira, 30.

A prisão de ACS e sua confissão possibilitaram o desmantelamento de esquema para obtenção de benefícios assistenciais fraudulentos. A acusada confessou o delito e indicou o prenome e o endereço da pessoa que lhe forneceu o atestado médico falso, conhecida como 'Cláudia', residente no Bairro Albano Franco I, em Nossa Senhora do Socorro.

Cumprindo mandado de busca domiciliar expedido pela Justiça Federal, uma equipe de policiais federais arrecadou uma vasta documentação na residência da fraudarora, que não se encontrava no local. O material encontrado possibilitará a identificação de cerca de 38 benefícios supostamente obtidos mediante fraude (falsificação de atestados médicos).

As buscas realizadas na residência da falsária Cláudia (posteriormente identificada como C.R.S.M., de 34 anos) também acrescentaram a informação de que ela já responde a duas ações penais por estelionato na Justiça Estadual deste Estado.

O prejuízo potencial aos cofres públicos pode superar a cifra de R$ 230.000,00 ao ano, considerando apenas os documentos apreendidos na última segunda, uma vez que cada benefício concedido é no valor de um salário-mínimo ao mês.

As investigações continuam sob a coordenação do Delegado Federal Carlos Cesar Pereira com o fim de localizar CRSM, a agenciadora da documentação falsa e identificar seus comparsas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 159 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal