Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

30/08/2010 - Primeira Edição Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Defenda-se do Golpe da Lista Telefônica

Por: Cid Cardoso


Imprescindível até há pouco tempo, a Lista Telefônica, que auxiliou inúmeras pessoas que dela se socorreram, e diversas tantas outras empresas que, através de suas “páginas amarelas”, cresceram, vem sendo utilizada atualmente como pretexto para a prática de crimes de extorsão e de cobranças indevidas, por pessoas que acreditam na impunidade das autoridades para enriquecerem ilicitamente.

Com o avanço tecnológico através dos tempos, os chamados telefones fixos foram caindo em desuso, e vem sendo gradativamente substituídos por aparelhos móveis, os celulares, com maior praticidade e outras vantagens que lhes dão a preferência da população, seja ela jovem, adulta ou da melhor idade. A internet, por sua vez, passou a disponibilizar online, a qualquer tempo, hora e local, os serviços antes dispostos nas tradicionais listas telefônicas, com amplo sistema de busca, por nome, endereço, empresa, serviços, produtos, profissionais, etc.

Esses fatores contribuíram bastante para que os serviços disponibilizados nas tradicionais listas telefônicas fossem cada vez menos procurados, a ponto de serem utilizados, nos dias atuais, quase que exclusivamente pelas empresas comerciais.

Acontece que alguns criminosos vêm utilizando o denominado “Golpe da Lista Telefônica”, apesar da constante divulgação e acompanhamento pelas autoridades competentes, diante das inúmeras ações ilegais praticadas em todo o País.

Trata-se de um golpe aplicado em empresas e profissionais autônomos, cuja
característica e procedimento são sempre os mesmos: primeiro o golpista entra em contato telefônico com a vítima e solicita a confirmação dos dados da empresa, sob a alegação de atualização de cadastro em listas telefônicas empresariais distribuídas gratuitamente, ou mesmo o direito a tentadores anúncios publicitários gratuitos. Em seguida, envia-lhe um documento (em geral, uma minuta de um simplório contrato) e garante que ao devolver o fax assinado, a empresa estará apta a obter os benefícios daquela autorização.

Por falta de informação ou mesmo astúcia dos golpistas, em geral, a vítima devolve o documento assinado. Após um período, o representante da empresa ou o profissional autônomo recebe um boleto de pagamento e passa a sofrer ameaças e extorsões, dizendo que se não for pago o valor cobrado, a empresa ou o profissional terá o título protestado e seu nome incluído no rol dos inadimplentes (SPC), bem como o título protestado em Cartório de Notas e Protestos.

Aqueles que caíram no golpe, devem imediatamente procurar a polícia e fazer um boletim de ocorrência do crime praticado, bem como uma reclamação no PROCON de sua cidade. Se, ainda assim, tiverem o título protestado, devem providenciar toda a documentação respectiva (fax, cobrança, título protestado, boletim de ocorrência e reclamação) e ajuizar uma ação de cancelamento de protesto cumulada com perdas e danos (inclusive morais) contra o impostor (ou empresa impostora), a fim de resguardarem seus direitos e serem excluídos do rol dos devedores.

Para aqueles que não foram vítimas dessas ações criminosas, aconselha-se que fiquem alerta e desconfiem de qualquer proposta mirabolante ou anúncio gratuito, devendo sempre solicitar os dados da empresa anunciante, antigos exemplares para conferência, e, havendo interesse, requerer o contrato para uma análise detalhada de suas condições, prazo, preço e serviço ofertado, evitando, assim, qualquer dissabor futuro, que possa comprometer seu dia a dia.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 647 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: raphael - 25/08/2015 11:44

Bom dia,

No dia 27/07/2015 recebi um e-mail de cadastramento.comercial@gmail.com com um anexo para atualização cadastral no guia telefônico páginas amarelas. De acordo com eles, tratava-se da atualização dos dados do arquivo word anexo, e devolver assinado para verificação. Hoje na empresa que trabalho ligaram informando sobre uma cobrança de 480,00 reais referente a proposta.

Anexo mandei o arquivo que eles me enviaram. Veio com todos os dados preenchidos. Ela me ligou no mesmo dia pedindo para verificar todos os dados e retornar assinado. Assinei e retornei.

Eles se identificam como:
RB da Silva ME
CNPJ: 02312400/0001-03 (quando pesquiso dá inexistente)
Telefone: (11) 2434-4959 (é muito difícil eles atenderem)
Mariane

O escritório de cobrança que está ligando se intitula como Impacto Cobrança: Telefone: (11) 2881-1866 (Vanuza)

Dizem que o boleto venceu e que vai pra cartório. Não recebemos nenhuma proposta mencionando valor, assinamos uma atualização de dados e caimos no golpe, não recebemos nenhum boleto ou nota fiscal.

Eles estão ligando ameaçando colocar a cobrança em cartório.


Autor e data do comentário: raphael - 25/08/2015 11:44

Bom dia,

No dia 27/07/2015 recebi um e-mail de cadastramento.comercial@gmail.com com um anexo para atualização cadastral no guia telefônico páginas amarelas. De acordo com eles, tratava-se da atualização dos dados do arquivo word anexo, e devolver assinado para verificação. Hoje na empresa que trabalho ligaram informando sobre uma cobrança de 480,00 reais referente a proposta.

Anexo mandei o arquivo que eles me enviaram. Veio com todos os dados preenchidos. Ela me ligou no mesmo dia pedindo para verificar todos os dados e retornar assinado. Assinei e retornei.

Eles se identificam como:
RB da Silva ME
CNPJ: 02312400/0001-03 (quando pesquiso dá inexistente)
Telefone: (11) 2434-4959 (é muito difícil eles atenderem)
Mariane

O escritório de cobrança que está ligando se intitula como Impacto Cobrança: Telefone: (11) 2881-1866 (Vanuza)

Dizem que o boleto venceu e que vai pra cartório. Não recebemos nenhuma proposta mencionando valor, assinamos uma atualização de dados e caimos no golpe, não recebemos nenhum boleto ou nota fiscal.

Eles estão ligando ameaçando colocar a cobrança em cartório.



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal