Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS



Promoção BLACK WEEK. Até o dia 02/12 valor promocional para o Treinamento sobre Fraudes Crédito e Comércio ! CLIQUE AQUI.


Acompanhe nosso Twitter

30/08/2010 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Brasil é o campeão de ameaças online criadas por ladrões virtuais, alerta o Kaspersky Lab

Por: André Machado


RIO - O Kaspersky Lab lançou semana passada a versão 2011 de suas soluções de segurança - o antivírus e a suíte (conjunto) completa de aplicativos de segurança. Segundo os analistas da softwarehouse russa, os programas estão mais intuitivos, com verificações a partir de esquemas de "arrastar e soltar" arquivos com o mouse, e análises mais precisas de comportamento de programas e sites desconhecidos. Não é para menos.

De acordo com Claudio Martinelli, gerente comercial da Kaspersky no Brasil, hoje os crackers estão é de olho no dinheiro e nos dados de contas bancárias e cartões de crédito. E a engenharia social (aquela conversa fiada sob medida para enrolar o internauta) nas redes sociais é o principal caminho para a bancarrota.

- O vírus das primeiras horas, quando se entra na internet, é o mais perigoso. Por isso privilegiamos a análise comportamental e comparativa - explica.

Segundo Fábio Assolini, pesquisador de malware da Kaspersky, o Brasil é hoje o campeão de cavalos de troia (programas maliciosos que se escondem no PC) especializados em infectar as operações bancárias pela internet feitas pelo usuário. (No mundo, são mais de 30 mil ameaças novas por dia, de todos os tipos, e 30 milhões de mensagens de spam diárias.)

- A mentalidade dos invasores mudou - diz Fábio. - Uma das ferramentas mais perigosas usadas por eles é o iframer, que embute em sites legítimos seções falsas para roubar.

Segundo ele, 95% de todos os vírus criados aqui visam furtar dados financeiros. A situação é mais grave quando se sabe que o Windows XP, aqui como no mundo, ainda é o sistema mais usado (tem 57% de mercado), sendo que o suporte ao XP SP2 terminou há pouco e há sistemas que precisam de atualização.

No Brasil, o Kaspersky Lab montou, com base em seus usuários, um quadro de infecções detectadas nos estados. São Paulo e Rio lideram a lista, com 22% e 18% de infecções, respectivamente. Seguem-se o Distrito Federal, com 10%, Minas Gerais, com 9,6%, e Bahia, com 8,8% de máquinas atacadas.

Se no Brasil as ameaças ao internet banking são as maiores, nos EUA o grande problema hoje são os antivírus falsos, que instalam programas nocivos no computador, enquanto na Europa ocidental grassam as redes de máquinas zumbis (botnets) que enviam spam e phishing. Na Rússia e no Leste da Europa, imperam os rootkits - programas que obtêm acesso privilegiado ao coração do sistema do PC e contaminam aplicações. Finalmente, na China, a infecção por meio de games é a grande ameaça.

Outro estudo, feito pela AVG com os dados coletados em centenas de milhares de PCs que usam seu software, revelou os lugares mais perigosos para acessar a internet no mundo. O número um é a Turquia, onde 10% dos computadores são infectados. A Rússia vem em segundo, com uma chance de infecção a cada 15 máquinas. Em compensação, no Japão a proporção é de um PC infectado para cada 403. O Brasil está na 98 posição entre os mais inseguros, com chance de uma infecção a cada 155 máquinas conectadas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 193 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal