Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

26/08/2010 - Gazeta de Alagoas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empresário é acusado de mais de nove crimes

Por: Dulce Melo

Dono de posto simulava roubo dos seus carros para receber seguro, depois desmanchava os veículos e vendia as peças, diz polícia.

A polícia afirma que o esquema montado por donos de postos de combustíveis, no município de São Sebastião é grande. O empresário Geová Quirino, conhecido como “Geová do Posto”, seria envolvido em pelo menos nove crimes, conforme o coordenador da Operação Asfixia.

Entre os crimes atribuídos a ele, estariam fraude a seguro, sonegação, receptação, roubo de carga e homicídio. O relato é do coordenador da Asfixia, Daniel Pinto, que iniciou um trabalho investigativo na cidade, em 2008.

“Ele pega os veículos que lhe pertencem, esconde, presta queixa na delegacia, faz um boletim de ocorrência, recebe o dinheiro do seguro. Depois, desmancha os carros e vende as peças separadamente”- enfatiza Pinto.

Além disso, a Petrobras conseguiu na Justiça a penhora dos bens de Geová do Posto, por conta de um débito de seis anos. “Entre os bens penhorados, estão postos de combustíveis. O nosso trabalho foi iniciado há dois anos, o juiz agora decretou mandados de busca e apreensão, mas quem fez toda a operação foi o delegado Antônio Barros com sua equipe. A Asfixia não participou do processo de hoje”- assegura Daniel.

Em 2008, Daniel Pinto chegou a apreender carros pertencentes a Geová do Posto, com combustível adulterado. Os mandados foram expedidos pelo juiz João Luiz de Azevedo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 201 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal