Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/08/2010 - V News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Da cadeia, golpistas prometem dinheiro fácil através de celulares

Diante da possibilidade de ganhar R$ 160 mil, uma mulher gastou o que tinha e fez tudo que o bandido pediu.

É preciso ter muito cuidado com cada ligação que recebemos em casa. Principalmente pelo celular. Ainda mais quando a promessa é de dinheiro fácil.

Diante da possibilidade de ganhar R$ 160 mil, uma mulher gastou o que tinha e fez tudo que o bandido pediu.

As contas da casa e os remédios do filho deficiente ficaram comprometidos. Acreditando que receberia o dinheiro, ela acabou gastando R$ 168 em cartões telefônicos.

“Foi a pior coisa que ele fez comigo: ‘A senhora tem um filho deficiente? A senhora precisa do dinheiro? Pois é, mas eu te roubei, sim’. Foram essas palavras que ele me deu em retorno ao meu apelo para ele. E desligou o telefone na minha cara”, lamenta a vítima que não quis se identificar.

O produtor do jornal também recebeu uma mensagem com o suposto prêmio. Entramos em contato pelo telefone indicado.

Produtor – Mas o que eu ganhei?
Golpista – R$ 160 mil.
Produtor – Como eu faço para retirar isso?
Golpista – O senhor recebe esse valor com total segurança em crédito em conta.

Quem atende o telefonema orienta a se dirigir a um caixa eletrônico.

Golpista – Já está em frente ao caixa eletrônico do banco?
Produtor – Estou.
Golpista – Abre a tela principal, entra em próximo menu. Entre agora em transferência. Valor coloca R$ 49.900.

Para liberar o prêmio, o homem diz que precisa de outra transferência. O produtor pressiona o golpista. Mas durante a conversa o estelionatário percebe que os depósitos que ele havia pedido, não foram efetuados.

Golpista – O rapaz já foi duas vezes olhar lá na conta e não tem nem R$ 1 na conta que você está dizendo que transferiu.

O produtor insiste. Ele ameaça.

Produtor – Esse negócio é golpe?
Golpista – Isso aqui não é golpe, não, senhor. A Polícia Federal vai te procurar. Você está passando trote, descumpriu aqui as regras da promoção. Vai morrer!

Um crime sem armas e à distância. Os homens que se anunciam como funcionários de uma empresa de comunicação falam do Ceará, de um local que, a princípio, seria para proteger a população desse tipo de golpe. Os criminosos estão presos, mas livres, o suficiente, para continuar agindo. Da cadeia, utilizam o celular para tirar dinheiro das vítimas.

“Normalmente são aparelhos fraudados. São fraudes contra as operadoras de telefonia celular. São aparelhos que são desbloqueados durante um período de tempo e isso possibilita que eles enviem mensagem, façam ligações interestaduais facilitando o crime", alerta o delegado Ricardo Augusto de Faria Cassiano.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 156 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal