Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

14/08/2010 - Mais Comunidade Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Trio fraudava usando o auxílio-funeral

Por: Fábio Magalhães

Polícia Civil descobriu a fraude ao investigar outro desvio. Cada valor dos supostos mortos era de R$ 3.500.

A Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Contra a Administração Pública (Decap), deflagrou na manhã de hoje a Operação Hela e prendeu Marcos Antônio Furtado Mourão, 44 anos, Marielba Pereira Figueredo Maniçoba, 29 anos, Agda Figueredo Furtado Mourão, 38 anos. O grupo lançava o auxílio-funeral em nomes falsos de servidores falecidos, tendo como beneficiários parentes de um ex-funcionário da Gerência de Orçamento e Finanças da Administração-Geral da Secretaria de Governo, gestão 2007 a 2009, onde começou a trabalhar por indicação de um deputado distrital. No momento, Marcos estava afastado trabalhando na campanha de seu padrinho político.

Como funcionário da AUG, Marcos utilizou a senha de uma supervisora para desviar os pagamentos que seriam feito à operadora telefônica GVT para uma empresa registrada no nome de Agda, que se chama Global Village Telecobranças Ltda.

Marcos era da gestão de 2007 a 2009Na fraude envolvendo o auxilio-funeral concedido aos funcionários do GDF, os autores utilizava nomes de servidores e protocolavam como se eles tivessem falecido. O auxílio era liberado para a corretora de seguros que também é de Agda, lá os envolvidos conseguiam pessoas, que normalmente eram parentes, para sacarem a quantia de R$ 3.500 por falecimento.

Eles estão cumprindo prisão temporária de cinco dias e responderão por formação de quadrilha, estelionato e falsificação de documentos. A pena pode chegar a 20 anos de prisão.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 335 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal