Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

11/08/2010 - Comunidade News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Agência alerta consumidor contra as fraudes em cartões telefônicos

Problemas vão de perda de minutos, ligações que não completam até serviços ao consumidor que não atendem.

Sucessivos problemas com o cartão telefônico cansaram Kennedy Almeida. Ao usar o cartão pela segunda vez, o brasileiro recebe a informação de que não tem mais crédito. Em outras situações, Kennedy não tinha sequer falado com alguém no Brasil, mas o cartão acusava o uso de 50 a 60 centavos americanos.

Kennedy contou que os maiores problemas foram com duas marcas específicas.Ele decidiu então mudar para cartões de ‘cara nova na praça’. “No primeiro dia está bom, na outra semana vai ficando pior do que os outros”, desabafou o brasileiro, farto de aguardar pelo atendimento ao consumidor.

“Você liga, falam para aguardar. Você fica esperando 40 minutos, uma musiquinha chata no seu ouvido e nunca resolvem o seu problema. Falam que vão gravar a sua ligação e depois ligam para você de volta. Nunca resolvem o problema”. Agora, Kennedy só compra cartões no valor de $2. “Uso e já jogo fora, nem sei se terá crédito para o outro dia ou não”.
O problema enfrentado pelo brasileiro pode ser mais frequente do que se imagina. Por isso, a Agência Nacional de Defesa do Consumidor (FTC, em inglês) dos Estados Unidos preparou uma espécie de guia para os usuários de cartões telefônicos.

O primeiro alerta da FTC é com relação aos custos. Segundo a agência, alguns cartões podem ter os custos ocultos. Ou seja, o tempo prometido para cada ligação acaba saindo mais caro, pois a cada novo uso do cartão, o consumidor tem bem menos minutos.

Segundo a agência, o usuário do cartão deve se informar sobre eventuais taxas que diminuem o real valor do cartão, tais como taxas cobradas ao desconectar o cartão, taxas de manutenção e até mesmo taxas cobradas do telefone usado para fazer as ligações. O consumidor deve se certificar, ainda de acordo com a FTC, se os minutos prometidos referem-se a somente uma ligação.

Os usuários dos cartões telefônicos também devem se informar, segundo a agência, se os minutos anunciados podem ser usados pelo sistema toll free, ao invés do número de acesso local. O consumidor deve verificar ainda se os minutos são válidos para ligações para celulares, e devem perguntar se existe uma data de validade para os minutos.

A FTC aconselha que o cliente tenha certeza de que explicações sobre as taxas cobradas façam total sentido. A agência faz um importante alerta: que o cliente compre, de preferência, um cartão que tenha um número gratuito de serviço ao consumidor.

E por fim, a FTC diz que mais vale comprar um cartão de valor mais baixo. Assim, se alguma coisa der errada, a perda do consumidor será bem menor.

Queixas sem solução

Mesmo sem usar o cartão com muita frequência, Fernanda Nascimento também tem queixas em relação a quantidade de minutos, mas ela nunca reclamou para ninguém. Segundo a brasileira, ela e a família pararam de comprar cartões de $5 justamente por causa disso.

Para acabar de vez com esta dor de cabeça, Emerson Rizato comprou um cartão que dá menos problemas. “Eu reclamo, eles me restituem”, disse. A reclamação é a mesma dos outros brasileiros: os minutos. “Você ligava por 40, 45 minutos, de repente caía a ligação, você não tinha mais nada”.

Emerson não está 100% satisfeito, pois a restituição não é integral. “Se a gente compra $10, quer usar $10, não nove”. Ele disse que já comprou dois do mesmo valor, mas com direito a falar uma hora com um, e outro somente 20 minutos. O cartão que Emerson usa atualmente é recarregável. “Não tenho como dizer que este é o ideal”. Mas parece que o brasileiro saiu ganhando. Segundo ele, o cartão não cobra taxa de manutenção nem de conexão, quando as ligações são feitas do número local.

Se você teve problemas com cartão telefônico pré-pago, depois de ligar para o serviço ao consumidor do cartão e não resolver o problema, ligue para:
The Federal Communications Commission - esupport.fcc.gov/complaints.htm
1-888-CALL-FCC (1-888-225-5322); TTY: 1-888-TELL-FCC (1-888-835-5322)

A FCC regula as comunicações de rádio, televisão, satélite e cabo tanto em ligações domésticas como internacionais.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 165 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal