Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/05/2007 - PR Newswire Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Chip and PIN para telefone celular irá diminuir fraudes com cartões de crédito


O securePay, um novo sistema de segurança de transações para prevenir a fraude nos cartões pela Internet, correio e telefone foi anunciado pelo Telsecure Group. O lançamento feito pelo Telsecure, um fornecedor de tecnologia de ponta, com base no Reino Unido, está sendo feito em sociedade com a Sybase365 e a Ingenico.
O securePay opera como uma plataforma multifuncional global, com um ponto único de integração com os emissores de cartões, proporcionando uma plataforma única para o combate à fraude em circunstâncias onde o portador do cartão não esteja presente (CNP): transações de pedidos por Internet, correio e telefone (MOTO), autenticação de serviços bancários on-line e habilidade do consumidor de ativar e desativar os cartões em tempo real, desta forma emulando os níveis de segurança do chip e do PIN na área CNP, reduzindo dramaticamente as fraudes e a cobrança retroativa de custos de administração. O securePay obtém tudo isso sem qualquer necessidade de modificar o aparelho portátil que é utilizado para verificar, autenticar e confirmar a transação.
O lançamento do securePay é feito depois de quatro anos de pesquisa e desenvolvimento que culminaram em um produto que segue os padrões e protocolos da indústria tais como o atendimento ao PCI, ISO, APACS, ZKA, BASE 24 VisaNet e MCI. A certificação do securePay foi realizada pela Sagentia, UK. A conectividade móvel está disponível em todo o mundo através da Sybase365 e da líder na fabricação de chips and PINs, a Ingenico. A mesma plataforma também fornecerá uma série de serviços ligados à parte principal da verificação do cliente, por
exemplo, para assegurar o acesso de fatores múltiplos para os serviços bancários on-line e gestão dos cartões iniciada pelos clientes.
Rashid Qajar, Executivo-Chefe do Telsecure Group disse: "Enquanto a tecnologia chip and PIN foram bem-sucedidos na redução da fraude no ambiente de varejo, os fraudadores voltaram suas fraudes lucrativas para as transações de pedidos pela Internet, correio e telefone. O problema nunca foi maior e estou muito satisfeito em anunciar que nós temos um produto que pode praticamente eliminar tais riscos, uma vez adotado pelos bancos e seus clientes".
A fraude CNP, que agora representa metade de todas as fraudes nos pagamentos dos cartões no Reino Unido, duplicou nos últimos três anos, aumentando para 216,6 milhões de libras esterlinas e continua a crescer rapidamente. Este alto nível de crime envolve o gasto de administração, pelos bancos do Reino Unido, de 55 a 85 de libras por transação fraudulenta, um custo que é inevitavelmente repassado para os clientes. O securePay irá trabalhar com todos os 730 fornecedores globais de redes de comunicações móveis. No Reino Unido há cobertura
de 99.8% das redes.
Lars Wallin, Diretor do Telsecure Group, disse: "Nossos modelos financeiros mostram que os bancos irão fazer economias significativas no custo de administração das transações fraudulentas, através da adoção desta tecnologia. Os bancos contarão com o retorno no investimento feito no securePay impulsionado pelo pagamento em menos de um ano, enquanto seus clientes poderão comprar on-line com maior segurança. Além disso, o securePay poderá ser adotado pelos bancos por muito menos do que as alternativas agora sendo consideradas, tais como leitoras de cartões, o que significa taxas mais baixas para os clientes: é uma situação de ganhos para todos".

Para mais informações para a mídia, entrar em contato com:
Telsecure Group Limited
Reino Unido
Tel: +44-(0)-1794-302100
Web: www.telsecure.com
FONTE Telsecure Group

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 428 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal