Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

30/07/2010 - OJE / Lusa Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Citigroup paga 75 milhões de dólares para encerrar processo da SEC


O Citigroup vai pagar 75 milhões de dólares (57 milhões de euros) para encerrar um inquérito levantado pela entidade reguladora do mercado de capitais norte-americano, a SEC, por ter enganado investidores durante a recente crise.

A comissão do mercado de valores mobiliários dos EUA (SEC, Securities and Exchange Comission) acusou o Citigroup de enganar os investidores sobre as suas perdas potenciais no mercado dos empréstimos imobiliários de qualidade inferior (subprime) quando a crise atingiu o pico, em 2007.

A SEC anunciou a resolução do processo na quinta-feira e pormenorizou que o conglomerado financeiro fez repetidamente declarações falsas em conferências com investidores e em documentos oficiais sobre a extensão do seu envolvimento no mercado de empréstimos imobiliários de alto risco.

O Citigroup dizia que a sua exposição era de 13 mil milhões de dólares no máximo; a SEC contrapunha que excedia os 50 mil milhões de dólares.

Dois executivos do Citigroup também acordaram com a SEC a resolução de processos que os envolviam.

O antigo director financeiro, Gary Crittenden, concordou em pagar 100.000 dólares e o antigo chefe das relações com investidores e actual chefe de marketing, Arthur Tildesley Jr., aceitou pagar 80.000 dólares.

Nem o Citigroup nem estes dois responsáveis admitiram ou negaram as acusações da SEC, mas concordaram em abster-se de futuras violações da legislação do mercado de capitais.

O director jurídico da SEC, Robert Khuzami, declarou que o Citigroup exagerou a sua capacidade para reduzir a sua exposição ao subprime, mesmo quando em 2007 este mercado colapsou.

"Com efeito, muitos mais milhares de milhões de dólares expostos ao subprime estavam nos seus livros. As regras das declarações financeiras são claras: se escolhe falar, diz a verdade e não meias verdades", sublinhou Khuzami.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 160 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal