Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

30/07/2010 - O Estado de Minas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prende suspeitos de aplicar golpe do financiamento

Por: Pedro Ferreira


A Polícia Civil prendeu quatro pessoas suspeitas de integrarem uma quadrilha que aplicava o golpe do financiamento de veículos. De acordo com o delegado Isaías Confort, da Delegacia de Furtos de Veículos, a quadrilha vinha sendo investigada pela Polícia Civil há dois meses.

Segundo a investigação, eles compravam veículos em concessionárias e agências utilizando documento falsos e depois revendiam a preços menores. José Tadeu da Silva, Carlos Alberto Valverde, Ednilson Rodrigues de Oliveira e Alex Sandro da Silva foram presos na última terça-feira enquanto tentavam comprar uma moto em uma concessionária do Bairro Caiçara usando documentos falsos com o nome de um aposentado da cidade de Capão Bonito, em São Paulo.

Segundo o delegado, outros aposentados de São Paulo e do Rio de Janeiro também tiveram os nomes usados em outros golpes aplicados pela quadrilha. A Polícia Civil já identificou outras duas financeiras de Belo Horizonte onde os suspeitos compraram veículos. Um dos presos informou que a quadrilha já adquiriu 40 carros e motos através do golpe só em Belo Horizonte. Um Pálio avaliado em R$ 30 mil era vendido pelos golpistas por R$ 5 mil.

O suspeito disse ainda que algumas pessoas compravam sabendo a procedência dos veículos. Se localizadas, elas podem responder pelo crime de receptação. Segundo a Polícia Civil, também foi apreendido um carro com placa clonada e outros seis já foram identificados e colocados em impedimento judicial. Neste caso, se esses veículos forem pegos em uma blitz ou em outra ação de trânsito, serão apreendidos.

A polícia ainda está à procura de mais três suspeitos do golpe, entre eles João Batista de Oliveira Pinto, conhecido como J.B, apontado como líder da quadrilha. Todos os suspeitos tinham passagem pela polícia por crimes diversos, incluindo roubo. Cada um pode pegar até 45 anos de prisão por estelionato, receptação, formação de quadrilha, falsificação de documento público, falsidade ideológica, uso de documento falso e clonagem de placas. Eles foram encaminhados para o Centro de Remanejamento de Presos (Ceresp) São Cristóvão.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 254 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal