Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS



Promoção BLACK WEEK. Até o dia 02/12 valor promocional para o Treinamento sobre Fraudes Crédito e Comércio ! CLIQUE AQUI.


Acompanhe nosso Twitter

28/07/2010 - Diário do Vale Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Secretário diz que atestados médicos estão sendo fraudados


O secretário municipal de Administração, Carlos Macedo, afirmou hoje (28) que existe uma quadrilha especializada em fraudar atestados médicos atuando na rede municipal de Saúde de Volta Redonda. Segundo ele, existem ao menos 10 casos com indícios da atuação do grupo. Macedo explicou que os falsários agem com formulários de atestados autênticos do Hospital São João Batista e falsificam carimbos e assinaturas de médicos. O grupo, segundo ele, tem ramificações ainda no Cais Aterrado e no Hospital do Retiro.

As fraudes foram descobertas há cerca de um mês pela secretaria de Administração e estão sendo apuradas pela direção do SAH (Serviço Autônomo Hospitalar). Dos dez casos, existe confirmação informal de fraude por parte dos próprios suspeitos em dois deles. Um médico, que teve assinatura e carimbo falsificados em um atestado, garantiu que vai procurar a polícia e pedirá uma investigação criminal, além do processo administrativo que deve ser aberto contra os integrantes da quadrilha.

O grupo começou a ser descoberto quando uma auxiliar de enfermagem do Hospital São João Batista apresentou um atestado para ficar sem trabalhar por cinco dias. Só que a funcionária pública foi vista trabalhando em um hospital particular da cidade durante o período reservado ao tratamento. Após uma checagem no atestado que ela tinha apresentado, verificou-se que a médica, cuja assinatura e carimbo constavam no documento, também trabalhava no São João Batista.

Convocada pela direção do hospital para prestar esclarecimentos, a médica não reconheceu a assinatura e o carimbo no atestado. Segundo Carlos Macedo, em um documento autêntico da mesma médica, emitido em circunstâncias normais, ficou evidente a assinatura diferente da original da médica:

- É um grupo que se organizou aos poucos, justamente nas brechas que o Poder Público permite. O absenteísmo aceitável entre o funcionalismo público fica em média nos 4%. Em Volta Redonda este índice chegou a inacreditáveis 20%. Era hora de agir, pois quem paga esta conta é a população de Volta Redonda - disse Macedo.

Entre as brechas citadas por Carlinhos, está o próprio formulário padrão de atestado médico do Hospital São João Batista, que tem o mesmo layout há décadas. Os carimbos são falsificados em qualquer loja especializada, que dificilmente pedem comprovação oficial dos dados por quem está encomendando o material. O secretário acredita que com o passar do tempo o grupo cresceu, ao mesmo tempo em que ficou mais relaxado. Com isso, em uma averiguação ainda superficial da junta médica já foram identificados os dez casos suspeitos.

Em um destes casos, o médico que "assinou" e "carimbou" o atestado no formulário do São João Batista já tinha deixado a rede municipal de Saúde. Um outro atestado, com falsificação ainda mais esdrúxula, continha assinatura e carimbo de um profissional que nunca trabalhou no Hospital São João Batista. A secretaria de Administração e o SAH já começaram a formalizar as primeiras demissões, todas por justa causa e nos casos já comprovados de fraudes.

- A nossa única preocupação é não cometer injustiças, mas já existem casos em que os próprios fraudadores confirmaram a ação. Estamos apurando tudo com muito cuidado, mas novas demissões devem ser encaminhadas em breve - disse Carlinhos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 251 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal