Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

18/02/2006 - Zero Hora Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Retidos R$ 127 mil falsos - Polícia negociou a compra das notas e conseguiu prender duas pessoas em Novo Hamburgo

Por: Dionara Melo


Uma operação da 1ª Delegacia da Polícia Civil de Novo Hamburgo apreendeu na manhã de ontem R$ 127,8 mil em notas falsas. A polícia chegou até Vagner Fernando dos Santos, 26 anos, e Leomar Osmar Hanzen, 28 anos, por meio de informação recebida há quatro dias. A falsificação era de boa qualidade.

Santos confessou a falsificação das notas. Às 10h de ontem, um agente foi até um posto de combustíveis às margens da BR-116 encontrá-lo. No dia anterior, fazendo-se passar por um comprador, o policial havia acertado por telefone a aquisição de R$ 50 mil falsos em troca de R$ 20 mil em notas verdadeiras. Após a confirmação da chegada do suposto comprador no posto, Santos teria chamado Hanzen pelo celular.

O rapaz chegou em uma moto levando consigo uma caixa retangular, forrada com papel natalino, contendo R$ 49.050 falsos, R$ 950 a menos do que o combinado. No instante da entrega do dinheiro, outros sete policiais que estavam à paisana no local anunciaram a prisão da dupla.

De acordo com o delegado Luís Fernando Martins Oliveira, Santos era o falsário e Hanzen foi contratado para transportar o dinheiro. Entretanto, ambos foram presos em flagrante por falsificação de moeda, que prevê pena de três a 12 anos de prisão. Hanzen nega a participação.

Notas de R$ 50 seriam produzidas no Paraguai

Na casa de Santos, em Nova Hartz, município a 28 quilômetros de Novo Hamburgo, a polícia apreendeu mais R$ 78.750 também em notas de R$ 50 falsificadas. O delegado ainda encontrou dezenas de páginas de papel A4 com três cédulas de R$ 5 impressas. Santos teria admitido à Polícia Civil que essas últimas notas foram falsificadas por ele, e as de R$ 50 eram produzidas no Paraguai.

- Encontramos na casa dele uma caixa onde o dinheiro teria sido transportado. Dentro dela ainda haviam pedaços de jornal em espanhol, o que corrobora a informação de que o dinheiro venha mesmo do Paraguai - afirma o delegado.

Santos estaria trazendo moedas falsas do Exterior ou as falsificando no Brasil havia pelo menos dois anos. Segundo estimativa da polícia, a cada dois meses ele estaria despejando no Estado R$ 100 mil em moeda falsa. Essa quantia, ao longo de dois anos, totaliza cerca de R$ 1,2 milhão em notas falsificadas.

- Ele nos disse que comprou até um carregamento de couro com dinheiro falso - conta Oliveira.

A polícia investiga os nomes repassados por Santos para chegar a outros envolvidos, inclusive no Paraguai. Sem antecedentes, os presos foram levados ao Presídio Central.

As notas de R$ 50 foram consideradas de boa qualidade pelos policiais da 1ª DP do município, que realizaram a prisão.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 634 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal