Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

21/07/2010 - Gaz Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quadrilha de empresários e policiais é denunciada em PE


Vinte policiais rodoviários federais de Pernambuco estão na mira do Ministério Público Federal (MPF-PE) sob acusação de vários crimes, entre eles formação de quadrilha ou bando e corrupção ativa. O alvo das investigações são agentes das delegacias da região metropolitana do Recife, de Ribeirão e de Moreno, e dos postos de Gravatá, Cabo de Santo Agostinho e Contorno.

Segundo os promotores, os denunciados estão envolvidos em práticas criminosas que podem ser divididas em duas categorias. A primeira diz respeito ao recebimento periódico de propinas pagas por empresas de maior porte, a fim de que os caminhões dessas trafegassem livremente pelas rodovias, sem qualquer fiscalização do policial rodoviário federal envolvido no esquema. A segunda categoria refere-se à cobrança permanente e sistemática de pequenos valores ou produtos alimentícios, sob o pretexto de desconsiderar a violação de algumas regras de trânsito. Também estão sendo investigados outras 23 pessoas, na maioria, empresários do setor de transporte, que ofereceram vantagens indevidas aos policiais rodoviários federais.

Dos 20 denunciados, quatro já estão presos preventivamente, desde o mês passado, quando foi deflagrada a chamada Operação Boa Viagem. Os demais foram afastados da função de patrulhamento. As investigações demonstram ainda que os denunciados estruturaram um sistema de cobrança de "pedágio" do qual todos se beneficiavam, no momento em que eles davam cobertura uns aos outros, tecendo uma rede de troca de favores, na qual cada um se abstinha de fiscalizar e multar as empresas e motoristas "protegidos" dos demais. Um desses protegidos distribuía "vales-tocos" aos seus motoristas, como garantia de que os veículos seriam liberados sem qualquer problema mediante a apresentação do "documento" aos policiais. A segurança dos usuários das rodovias não era levada em consideração pelos denunciados, que só pensavam em aumentar seus rendimentos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 155 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal