Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

17/07/2010 - Jornal Floripa Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpe que oferece prêmios e dinheiro faz vítimas no interior de SP

Os golpistas tentam a qualquer custo convencer quem está do outro lado da linha que os sorteios são reais e que os prêmios existem.

Um golpe que oferece prêmios e dinheiro fácil engana muita gente pelo telefone. Mas é só prestar atenção na conversa dos golpistas para perceber que as promoções não passam de fraude.

Como sempre as promessas são tentadoras. “São um milhão em prêmios: uma belísssima casa, dois carros na garagem e um caminhão de prêmios”, fala um golpista.

Uma mulher quase caiu num desses golpes. Ela seguiu todas as orientações do criminoso e ia perder R$ 4.500 mil. “Percebemos que havia algum coisa errada”, conta.

Os golpistas tentam a qualquer custo convencer quem está do outro lado da linha que os sorteios são reais e que os prêmios existem. Mas não é preciso ser um especialista em investigação para perceber que os criminosos cometem gafe.

O criminoso se complica ao buscar termos técnicos para justificar a ligação. Sem saber que estava sendo gravado, o golpista tenta convencer um produtor do Jornal Hoje de que ele ganhou um suposto prêmio."Tem ganhador que não sabe que mandou mensagem".

Para enganar a vítima, o golpista diz que a premiação não tem custo nenhum. Mas logo em seguida cai em contradição e diz que será necessário pagar quase R$ 400 para conseguir um comprovante fiscal.

“O senhor vai conseguir esse comprovante fiscal através do Imposto Operacional Financeiro, o IOF, ok? Nesse ano de 2010 está no valor de R$ 385”, diz o golpista.

Ele nem percebe, mas criou um novo imposto; diferente do IOF - Imposto sobre movimentações financeiras.

“Basta aquela possível vítima, prestar atenção que ela vai chegar a uma conclusão de que existem contradições da pessoa que está fazendo exigência. Não deve fazer o que ela pede em hipótese alguma. Não deve passar qualquer número de telefone; qualquer número de CPF; ou de RG, em hipótese alguma", orienta o delegado seccional Benedito Valencise.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 157 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal