Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/07/2010 - Mais Comunidade Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia apresenta falso corretor como autor de crime

Delegada de Luziânia (GO) diz que depoimentos contraditórios levaram a descobrir estelionato e assassinato.

A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) apresentou na manhã de hoje, o homem que está sendo indiciado pelo assassinato da analista em Ciência e Tecnologia do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Elzamir Gonzaga da Silva, 44 anos. O crime ocorreu no dia 2 de junho no Km 30 da BR-040, em Luziânia (GO).

Segundo a delegada responsável pelo caso, Dilamar Aparecida de Castro, o acusado foi preso há sete dias quando chegava em casa na QE 28, do Guará II. Clildomar Washington Coutinho Ferreira, 30 anos, chegou a prestar quatro depoimentos com versões contraditórias e em nenhum deles confessou ter matado a vítima. “Ele chegou a confessar que tinha praticado o estelionato contra ela, mas não assumiu a culpa do assassinato”, diz Dilamar. Ela ainda conta que o acusado tem vários antecedentes criminais e um mandado de prisão em aberto no Estado de São Paulo pelos crimes de roubo de carga e de carro. “Ele faz parte de uma quadrilha perigosa que age em todo o País.

Demoramos para apresentá-lo à população justamente porque estávamos investigando se tinha alguma quadrilha envolvida com ele nesse crime, mas como não achamos nada, acredito que ele tenha feito tudo sozinho mesmo”, completa a delegada.

A polícia começou a desconfiar do acusado depois de ver a transferência bancária de R$ 80 mil feita por Elzamir para a conta corrente de Clildomar e as ligações telefônicas entre eles. A delegada pediu a quebra de sigilo da conta do suposto autor, e acabou descobrindo que ele realmente estava com a quantia de R$ 80 mil que foi gasta por ele na compra de um carro, roupas e perfumes no dia 15 de junho. Clildomar Washington foi autuado por homicídio qualificado. Se condenado pode pegar de 12 a 30 anos de reclusão.

A vítima, que residia na Asa Norte, tentava levantar dinheiro para pagar uma dívida bancária após ter emprestado dinheiro.

Os dois se conheceram por causa de um empréstimo

Elzamir Gonzaga foi apresentada por um amigo ao suposto corretor de empréstimos chamado Washington que iria ajudá-la a conseguir dinheiro. Ela estava com o nome sujo no banco e queria R$ 14 mil para comprar uma casa. A servidora acabou sendo vítima de um golpe de estelionato, por meio do qual Clildomar intermediou em um banco uma transação de crédito consignado de R$ 80 mil.

Quando Elzamir viu o dinheiro acima do valor em sua conta, ligou para o golpista. Ele disse que o banco havia cometido um erro: ela teria recebido um empréstimo de outra pessoa. Clildomar pediu que ela transferisse os R$ 80 mil para a conta de uma suposta terceira pessoa, enquanto ele depositaria os R$ 14 mil na conta de Elzamir, mas isso não ocorreu.

A servidora passou a desconfiar do homem e foi atrás dele para resolver o problema. Foi a última vez que a vítima foi vista pelos amigos. A delegada disse que nesse dia ela se encontrou com o golpista, que a levou a uma área de estrada de terra e atirou na testa dela. O corpo de Elzamir só foi encontrado no dia 3 de julho.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 400 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal