Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

15/07/2010 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mensagem em espanhol em nota ajuda polícia a identificar falsificação

Dólar apresentava a mensagem 'Billete de la suerte Alasitas'. Serviço Secreto dos EUA diz que dinheiro falso foi aceito 125 vezes.

Dois homens de Prince William County, no estado da Virgínia, nos Estados Unidos foram detidos por dirigir embriagados em junho passado. Com eles foram encontradas notas de US$ 100 falsificadas. O mais curioso é que no dinheiro, uma cópia quase igual a nota real, havia a mensagem em espanhol “Billete de la suerte Alasitas”, ou “Bilhete da Sorte Alasitas”, em tradução. A polícia afirma que os homens podem ter utilizado as notas em lojas e mercados.

A polícia norte-americana descobriu que as notas falsas são distribuídas durante o festival de Alasitas, realizado anualmente no Peru e na Bolívia. Elas viajam pela América do Sul e já foram vistas até em cassinos. Não há interesse de fazer com que as notas pareçam ser verdadeiras, já que o número de série é o mesmo em todas elas e a mensagem de “bilhete da sorte” é bem visível. Algumas já foram vistas até no site de leilões eBay.

No momento da apreensão, o homem estava com três notas de US$ 100 com a mensagem, enquanto seu amigo estava com um bolo delas. A polícia vasculhou a casa do amigo do meliante e encontrou outras 59 notas idênticas.

Um porta-voz do Serviço Secreto norte-americano afirmou que já encontrou 125 notas como esta nos últimos anos no Federal Bank Reserve, o que significa que elas foram aceitas 125 vezes como dinheiro genuíno.


Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 205 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal