Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/05/2007 - Jornal de Brasília Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quadrilha fazia golpe do extintor

Por: Luís Augusto Gomes


Um novo golpe que estava sendo aplicado por uma quadrilha no comércio do Distrito Federal foi descoberto pela polícia. Os estelionatários compravam extintores de incêndio em estabelecimentos comerciais utilizando boleto como forma de pagamento, mas não pagavam e ainda vendiam o material para outra empresa.

A ação criminosa do grupo foi interrompida depois que a polícia recebeu denúncias de pelo menos cinco empresas. Quinta-feira à noite, policiais da 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia) desmontaram o esquema e prenderam em flagrante Clodoaldo Alves de Carvalho, 34 anos, Pedro Elton Carvalho Guimarães, 30, Marcos Paulo Ferreira, 26, e Paulo Vitor Mendes Inocêncio, 21.

Segundo o delegado Edson Viana de Oliveira, adjunto da 26ª DP, até o momento a polícia tem informações de que os golpistas agiam no Guará, Taguatinga e no Núcleo Bandeirante. Além de comprar os extintores com boletos bancários e não pagar, os suspeitos repassavam às empresas vítimas do golpe números inexistentes do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

Só quando expirava o prazo de pagamento, a empresa descobria a falsificação do documento. A polícia suspeita que mais de dez empresas caíram no "conto". Os estelionatários usavam uma empresa especializada em extintores de incêndio para revender o material adquirido mediante a fraude.

Os proprietários da revendedora compravam os extintores a preços baixíssimos e tinha grande lucro no negócio A polícia agora investiga a empresa para saber sobre seu envolvimento na transação ilícita.

Pena alta

Apontado pela polícia como cérebro da quadrilha, Paulo Vitor confessou que o golpe era aplicado desde o início do ano. O delegado Edson Viana disse que os golpistas foram autuados em flagrante por formação de quadrilha e vão responder também por estelionato. Eles vão aguardar decisão da Justiça em uma cela do Departamento de Polícia Especializada (DPE). Se forem condenados, podem ficar até dez anos na prisão.

O delegado alerta os empresários para ter cuidado com o "golpe do extintor de incêndio". Ele afirma que o comerciante deve ter cuidado com a compra deste tipo de material para não cair na armadilha dos golpistas. Segundo Edson Viana, os estelionatários estão sempre buscando uma forma de ganhar dinheiro fácil abusando de pessoas honestas. "O poder de convencimento do estelionatário é muito grande", afirma o delegado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 1281 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: washington santos - 02/08/2012 00:50

Ola!me chamo washington,sou gerente de uma empreza aqui em niteroi e cai no golpe do extintor nessa quarta feira dia 01/08/2012 as 10:50 da manha,eles chegaram com uma nota fiscal falsa e com meu nome e levaram todos os extintores da loja, só fui descobrir o golpe no periodo da tarde atravez de minha patroa que avisou que nao pediu nehuma troca para essa empresa( CARVALHO SANTANNA EXTINTORES DE INCEDIO LTDA )que provavelmente nao existe, tenho a imagens dos dois rapazes que aplicaram o golpe, eles estavam com uniforme da suposta empresa, camisa vermelha e calça jeans, bem vestidos e educados eles levaram os extintores e sumiram, vou editar as imagens e vou postalas, se alguem quizer fazer alguma materia sobre isso pode me ligar o tel é (21)7277-8864 estou disposto a mandar as imagens pra que peguem esses safados que usam o trabalho do outros para se benificiarem, sao verdadeiros sangue-suga, vam procurar um trabalho descente cabadas de pilantras.


Autor e data do comentário: LEMOS - 16/04/2011 23:30

apos o episodio paulo vitor desaparece como queima de arquivo e ainda o julga com o mentor o qual assume por ameaças que a policia nao sabe e nem quer saber mas os restantes estao livres e vivos .arran



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal