Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/07/2010 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Presos 3 suspeitos de tentar aplicar golpe com falsa freira no Rio, diz PF

Segundo PF, outros três suspeitos - entre eles uma idosa - já foram presos. Crime aconteceu em maio deste ano, numa agência bancária de Niterói

A Polícia Federal informou, nesta segunda (12), que prendeu três suspeitos de integrar quadrilha que tentou aplicar golpe com uma falsa freira para sacar R$1,859 milhão de um banco, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. Segundo a PF, outras três pessoas já tinham sido presas – entre elas a idosa de 77 anos. Dois suspeitos ainda estão foragidos.

O crime aconteceu no dia 26 de maio, numa agência da Caixa Econômica Federal, em Icaraí. Imagens do circuito interno de segurança do banco mostraram a suspeita de se passar por freira tentando sacar o título de dívida pública. Ela foi presa em flagrante após denúncia de funcionários do banco.

Em nota oficial, a Polícia Federal informou que foram expedidos cinco mandados de prisão. Segundo a PF, os agentes prenderam nesta segunda-feira um gerente bancário e duas pessoas suspeitas de aliciar funcionários da Caixa Econômica Federal. A polícia não divulgou outros detalhes das prisões.

Dos oito suspeitos denunciados pelo Ministério Público Federal pelos crimes de peculato, uso de documento falso e estelionato, seis já estão presos. De acordo com a PF, outras duas pessoas ainda estão foragidas: uma advogada que seria responsável pela consulta dos processos e uma outra mulher.

O crime

De acordo com a PF, Lourdes Antunes Marques é suspeita de se passar pela freira Maria Lindalva de Azevedo, de 85 anos, a verdadeira titular do precatório, que vive em um convento de Campina Grande, na Paraíba. Na época, ela contou que começou a ser aliciada para aplicar o golpe há seis meses. Lourdes usou documentos falsos para retirar o dinheiro.

As imagens do banco mostram o momento em que a mulher, acompanhada de um homem de 44 anos, que também foi preso, entra na agência bancária, se dirige a um caixa e tenta sacar o dinheiro. Desconfiado, um funcionário do banco acionou os agentes da Polícia Federal, que comprovaram que o documento apresentado pela mulher era falso.

Na época, Lourdes Antunes Marques contou como caiu na conversa da advogada. Lourdes contou que a mulher se aproximou dela através de conversas: “A gente conversava na rua, aí ela me oferecia as coisas. Eu aceitava, porque precisava de comida, coisa assim. No Natal ela botou a minha mesa de Natal. Me deu R$ 500 para fazer compra, eu enchi meu armário”, disse.

Investigações

De acordo com o delegado Marcos Aurélio, da Delegacia de Niterói, esta foi a quarta tentativa de saque do valor do precatório. No entanto, a polícia ainda investiga se elas foram feitas pelos mesmos suspeitos.

Um outro suspeito, que seria responsável pela obtenção dos documentos que permitiriam o saque, também foi detido no dia do crime quando tentava fugir em um táxi.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 170 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal