Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

10/07/2010 - Jornal de Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Imigrantes pagavam dois mil euros a rede


Uma rede de auxílio à imigração ilegal, através da falsificação de documentos, foi desmantelada, ontem, pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), numa operação que decorreu em vários pontos de Lisboa, Santarém e chegou mesmo ao Algarve.

Em causa estava uma estrutura chefiada por uma mulher portuguesa, com a participação de dois egípcios, que conseguia largos proventos, devidos aos ganho com a legalização fraudulenta de ilegais. A cada candidato era exigida a quantia de dois mil euros e o SEF calcula que algumas centenas de indivíduos terão sido legalizados graças à falsificação de documentos.

No total, foram detidos seis indivíduos, ficando três em prisão preventiva, enquanto os outros três ficaram obrigados a apresentações semanais em postos policiais. Foram também constituídos arguidos mais oito indivíduos.

Além de vários documentos que poderão comprovar a falsificação, o SEF, que envolveu um total de 75 elementos na operação, apreendeu ainda droga suficiente para indiciar ligações ao tráfico de droga.

Na posse do SEF, numa investigação tutelada pelo DIAP de Lisboa, estão também carimbos de empresas criadas especificamente para legalizar os imigrantes, assim como documentação da Segurança Social e da Finanças. A organização, que dispunha de uma chefia e de operacionais, tinha ainda casas onde os imigrantes ficavam escondidos. (C.V.)

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 209 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal