Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

10/07/2010 - Correio de Uberlândia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Filho de Abdulmassih está preso

Por: Frederico Silva

PM cumpriu mandado de prisão preventiva contra Henrique Abdulmassih.

O empresário Henrique Alves Cunha Abdulmassih está detido no Presídio Professor Jacy de Assis. Abdulmassih foi preso pela Polícia Militar, anteontem, em cumprimento ao mandado de prisão preventiva expedido contra ele pela 2ª Vara Criminal de Uberlândia.

Henrique Abdulmassih é investigado pelo Ministério Público Estadual como suspeito de fazer parte de uma quadrilha de sonegação fiscal e distribuição clandestina de álcool combustível.

Em março deste ano, o pai dele, Ricardo Abdulmassih, e o sócio Adenaisio Costa Dantas foram presos pela mesma suspeita. Na época, um mandado de prisão foi aberto contra ele, mas logo um habeas corpus foi concedido pela Justiça e a prisão revogada.

Este novo mandado judicial foi aberto com base no artigo 366 do Código Penal por não ter sido encontrado pelos oficiais de Justiça que foram citá-lo e ainda por não comparecer para apresentar defesa.

Pai e filho seguem detidos no Presídio Jacy de Assis, enquanto o outro investigado, Adenaisio Costa Dantas, está em liberdade concedida pela Justiça. O advogado do acusado, Luiz Arruda Júnior, não foi encontrado pela reportagem do CORREIO de Uberlândia.

Henrique não foi encontrado no dia da Operação

Os empresários Ricardo Abdulmassih e Adenaisio Costa Dantas foram presos no dia 23 de março de 2010 durante a Operação Tornado II, desencadeada pelo Ministério Público Estadual (MPE), Secretaria de Estado de Fazenda e Polícia Militar. Eles são acusados de fraudes na distribuição de combustíveis em várias regiões de Minas, Goiás e São Paulo. Os prejuízos são estimados em R$ 26 milhões. No dia da prisão dos dois empresários, Henrique Abdulmassih não foi encontrado. Mas estava prevista a prisão dele.

Segundo o promotor de Defesa da Ordem Econômica e Tributária de Uberlândia, Adriano Arantes Bozola, entre as irregularidades detectadas durante as investigações está a retirada de álcool combustível das usinas por parte de empresas e pessoas não autorizadas pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) para entrega direta aos postos envolvidos na fraude, sem qualquer tipo de documentação fiscal.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 1036 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: juca - 16/08/2010 13:41

kkkkkkkkkkkkkkk... queria ver o playboy na tranca, será q ele continua tao arrogante? será que a mae e esposa dele vão tirar a roupa para serem revistadas e visitá-lo? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!! cadeia nele



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal