Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

08/07/2010 - Band Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empresas chinesas “falsificam” executivos ocidentais

Por: Fábio Mendes


Em busca de negócios lucrativos, algumas empresas na China adotaram uma nova e curiosa categoria de falsificação: a dos executivos. Norte-americanos, canadenses e europeus são contratados para se passarem por altos funcionários de companhias ocidentais, com o intuito de impressionar clientes. As informações são da BBC Brasil.

Entre esses executivos falsos esteve Mitch Moxley, um jornalista canadense, que disse à BBC que foi contratado por uma companhia chinesa, juntamente com outros cidadãos norte-americanos brancos de feições ocidentais, para interpretar um especialista em controle de qualidade.

O grupo fingiu representar uma firma com sede na Califórnia, parceira de uma companhia chinesa que havia ganhado um contrato para desenvolver uma fábrica em Dongying, na província de Shandong. "Éramos uma companhia americana fictícia que, supostamente, estava liderando o projeto", disse Moxley.

Os contratados receberam folhetos e livretos de uma companhia americana - inexistente - para suas apresentações. "Procurei por toda parte na internet e não consegui encontrar qualquer registro (da empresa)", disse o jornalista.

Despesas pagas

Segundo Moxley, falsos executivos estrangeiros são comuns hoje em eventos corporativos e cidades menores na China. Isso refletiria o desejo de muitas empresas em expansão de parecer internacionais e bem relacionadas no Ocidente.

"Estou aqui há cerca de três anos e sei de seis ou sete pessoas que fizeram coisas parecidas", disse Moxley.

Um deles é o americano Ben, cujo nome verdadeiro foi alterado para sua proteção, que dirige uma empresa em Pequim há três anos. Ele contou que foi abordado por um "agente" por meio da internet. A mensagem dizia: "Você gostaria de ganhar uma viagem gratuita a Xangai?"

Uma empresa ofereceu uma viagem e todas as despesas para que ele permanecesse por alguns dias em uma localidade perto de Xangai. Ele recebeu crachás de identificação e participou de uma feira se apresentando como "comprador".

Ele participou do evento de abertura e de um jantar. Ele também teve de ser visto no meio de um grupo de pessoas ouvindo discursos de autoridades e empresários locais.

"Eles precisavam de estrangeiros na plateia, assim, quando as câmeras mostravam o público, os estrangeiros eram vistos, usando seus fones de ouvido e ouvindo os discursos".

Ben e um grupo de falsos executivos foram também levados a um distrito próximo de Xangai que queria atrair investimento estrangeiro.

"Andamos por uma área cheia de prédios vazios. Fizemos uma turnê com um homem que nos explicava como seria ótimo para empresas estrangeiras abrir negócios naquela área". Segundo Ben, uma equipe de TV filmou o grupo por alguns minutos.

Indústria

Embora muitos dos convites cheguem por meio de conhecidos, Ben diz que uma verdadeira indústria especializada no recrutamento de falsos executivos está emergindo no país.

"A companhia para quem nós trabalhamos obviamente sabia o que estava fazendo. Ela era paga para trazer os estrangeiros".

Os empregos podem durar entre algumas horas e vários dias. Em geral, são tarefas simples como fingir ser convidado em um evento, mas podem chegar a envolver, por exemplo, a participação de negociações representando companhias falsas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 181 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal