Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

07/07/2010 - Jornal de Uberaba Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia Miltiar prende estelionatário que trocava notas falsas de R$ 50

Por: Juliano Carlos


Homem acusado de estelionato foi preso pela Polícia Militar após trocar notas falsas no centro de Uberaba. A prisão aconteceu na tarde de ontem, quando policiais da viatura de Rondas Ostensivas com Cães (Rocca) realizavam patrulhamentos pela rua Artur Machado, no centro. Em determinado momento, eles avistaram um indivíduo em atitude suspeita com duas sacolas de mercadorias nas mãos. O suspeito demonstrou nervosismo quando percebeu a presença dos policiais e foi abordado.
Ele passou o nome falso de Bruno José Rossi da Costa, 45 anos. Após buscas pessoais os policiais encontraram com o suspeito 22 notas de R$ 50 (falsas), totalizando R$ 1,1 mil. Após questionamentos, ele disse que era do Rio de Janeiro, e seu nome verdadeiro era Jeuri Alexandre da Silva, 45 anos. Ainda afirmou que estava hospedado em uma pensão situada na rua Donato Cicci, no bairro São Benedito, mas que já havia pagado a hospedagem e deixado suas bagagens no guarda-volumes da Rodoviária Jurandyr Cordeiro. Os policiais foram até o Terminal Rodoviário e após buscas nas bagagens do acusado encontraram vários produtos que ele havia comprado no comércio de Uberaba, tais como CDs, DVDs e vinhos. Os PMs ainda localizaram outras 147 notas falsas de R$ 50, perfazendo o total de R$ 7.350 (falsos), além de R$ 4.218,20 em dinheiro miúdo que o acusado já havia trocado nas lojas da cidade.
Os policiais descobriram que o estelionatário havia feito mais de 20 comerciantes no centro da cidade de vítimas do golpe, sendo que durante a confecção do Registro de Evento de Defesa Social (Reds), na Área Integrada de Segurança Pública (Aisp) do bairro Olinda, sete vítimas compareceram ao local e reconheceram o acusado do crime.
Segundo uma comerciante que preferiu não se identificar, o acusado chegou em sua livraria, na rua Tristão de Castro, comprou um livro no valor de R$ 9,90 e pagou com uma nota de R$ 50. Ela não estava no local e o funcionário não percebeu que se tratava de dinheiro falso. Diante dos fatos, o acusado de falsidade ideológica e estelionato foi preso e levado para a sede da Polícia Federal.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 182 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal