Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

03/07/2010 - Diário de Marília Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Apreensão de dinheiro falso coloca empresários e vítimas em alerta

Apreensão de R$ 3.100 falsificados ligou o sinal de alerta no comércio.

A prisão de um comerciante por falsificação de moeda, feita pela DIG (Delegacia de Investigações Gerais) na manhã de quinta-feira, deixa empresários em alerta.

Ao todo, R$ 3.100 em notas de R$ 50 foram encontradas com o infrator. O dinheiro era usado principalmente como troco no camelódromo. Não há ao certo um número de quantas notas já haviam sido derramadas no comércio antes do flagrante.

Mesmo com toda atenção dos comerciantes, não é raro encontrar quem já foi prejudicado por estas falsificações. Dono de lanchonete na zona norte da cidade, Vanderlei Barbosa Campos, 33, já contabiliza R$ 160 em prejuízos. Ao denunciar à polícia uma nota falsa de R$ 50, já foi intimado quatro vezes pela Polícia Federal para prestar esclarecimentos.

“Além da perda financeira, tenho que explicar como a nota chegou até mim. É muita burocracia”.

Vanderlei, que tem nota falsa de R$ 10 guardada como exemplar, ainda diz que, mesmo após alertar seus funcionários e comprar a caneta dedo-duro (que, em questão de segundos, mostra a autenticidade da nota), ainda se preocupa.

Outro problema comum é apontado por José Moreno Neto, 27, proprietário de pizzaria e restaurante, que recentemente recebeu, como forma de pagamento, nota de R$ 50 falsificada.

“Quando o pedido é entregue através de delivery, é complicado identificar a nota falsa. No nosso caso, mesmo o entregador percebendo a falsificação, ele foi obrigado a aceitar o dinheiro após ser ameaçado”, relata.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 213 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal