Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/07/2010 - Diário de Marília Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dinheiro falso era dado como troco no camelódromo

DIG prende comerciante com R$ 3.200 em notas falsas.

Comerciante foi preso em flagrante ontem pela DIG (Delegacia de Investigações Gerais) acusado de falsificação de moeda. Com ele, os policiais encontraram R$ 3.200 em dinheiro falso, além de DVDs piratas. Se condenado pelos crimes, a pena pode chegar até 16 anos de prisão em regime fechado, além de multa.

De acordo com o delegado titular da DIG, Aéliton Roberto de Souza, a delegacia recebeu denúncia anônima. Por volta das 8h30 de ontem, os policiais civis cumpriram mandado de busca na casa de Tiago Henrique Ferreira da Silva, 21, localizada na rua Artur Vila, no JK, zona norte da cidade. Lá, encontraram 62 notas de R$ 50 falsas e 250 DVDs pirateados.

“Não podemos afirmar com 100% de certeza, mas tudo indica que a falsificação foi feita através de fotocópia, de tão grosseira”, afirma Souza.

Ele ainda diz que o dinheiro já estava circulando no comércio de Marília e também era muito usado como troco no Camelódromo, local onde o jovem mantinha um estabelecimento.

O delegado ainda diz que o crime de falsificação de moeda não é muito comum na cidade. No caso registrado ontem, ele ressaltou a participação da população, que denunciou o falsificador.

Thiago, que foi encaminhado para a cadeia pública de Garça. Pelo crime de falsificação de moeda, ele pode pegar até 12 anos. Já por violação do direito autoral, no caso da apreensão dos DVDs, mais quatro anos. A DIG continua investigando o caso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 142 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal