Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

11/05/2007 - Folha de Boa Vista Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Identificada mulher que aplicava golpes

Por: Nonato Souza


A polícia identificou, ontem, uma mulher que estava aplicando golpes em alguns comércios da cidade nos últimos meses. De acordo com o delegado Alexander Lopes, a acusada Claudete Rodrigues se apossou de um cartão de crédito da professora Rosiene de Lima Carvalho, do banco Bradesco, e estava se passando pela professora. Em alguns dos comprovantes de compras, a acusada assinava com o próprio nome.

O caso foi denunciado pela professora, que comunicou a perda de seus documentos junto com dois cartões de crédito em outubro do ano passado. Ela lembrou que bloqueou imediatamente um dos cartões e o outro, que ainda estava bloqueado pelo banco, não a preocupou. Passados os meses, ela percebeu que, ao receber seus pagamentos, a conta estava vindo com descontos e, na terça-feira, procurou a agência para saber o que estava acontecendo. Foi, então, que descobriu que o cartão estava sendo usado.

Um dos gerentes do banco informou que a mulher que se passava por ela estava tentando um empréstimo na agência e faltavam alguns detalhes para consolidar a transação. Em seguida, a professora registrou ocorrência no distrito. Na agência, os agentes foram informados que na quarta-feira a estelionatária voltaria para tratar do empréstimo. Eles foram para o local esperá-la, mas a acusada não apareceu.

Através do relatório do uso do cartão, os policiais descobriram que ela fez várias compras em um supermercado no bairro Silvio Botelho. Eles foram até o estabelecimento e o proprietário disse que semanalmente a mulher ou uma filha dela de 12 anos iam ao supermercado e testavam o cartão para ver se estava livre.

Enquanto conversavam, a filha de Claudete chegou ao comércio e, depois de passar o cartão, saiu. A mulher do empresário informou que o cartão usado pela garota era o da professora. Os agentes foram atrás dela e perguntaram por sua mãe, mas a menina disse que não sabia. Em seguida, foram até a casa dela onde encontraram sua avó.

O cartão foi apreendido e a mãe da acusada foi levada ao distrito onde prestou declaração, mas não ajudou à polícia. O delegado informou que Claudete já foi investigada por envolvimento em outro golpe de estelionato a um grupo de oleiros, junto com seu irmão que acabou preso. Até ontem Claudete não tinha sido encontrada pelos policiais e, conforme o delegado, ela seria intimada a comparecer ao DP para ser interrogada. Ela será indiciada criminalmente.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 484 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal