Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/05/2007 - paraiba.com.br Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Homem é preso acusado de lesar mulheres após seduzi-las


Policiais do Grupo de Operações Especiais (GOE) prenderam ontem de manhã um homem acusado de aplicar golpes em mulheres paraibanas, que por ele se apaixonavam. Magliano David de Lima, 26 anos, foi autuado em flagrante por estelionato e já teria efetuado várias compras de bens e veículos na capital. A polícia ainda não sabe quantas mulheres foram lesadas, mas sabe que várias caíram no conto do "Don Juan”.

As investigações fora presididas pelo delegado Idelmar Rodrigues. Durante os levantamentos, ele descobriu que o acusado seduzia mulheres com que começava relacionamentos amorosos. Após conquistar a confiança da vítima, ele argumentava que estava pretendendo abrir um negócio em João Pessoa e que precisava da ajuda da “amada” para lhe ceder os documentos, com os quais abriria a empresa.

Com os documentos em mãos, Magliano partia para efetuar compras no comércio em nome das vítimas. Uma das mulheres, no nome de quem foi financiado um veículo Santana e uma moto Honda Twister, disse que procurou o acusado para reclamar o prejuízo. Não satisfeito com o golpe, Magliano teria exigido que ele lhe financiasse outros dois veículos, como condição para que lhe entregasse o Santana e a moto.

O delegado Idelmar também descobriu que, além de lesar as mulheres, Magliano agia na companhia de dois homens do Rio Grande do Norte, identificados como José Carlos do Santos e Eudes Enriques, para falsificar cartões de crédito. Com os cartões, o trio aplicava golpes no comércio de João Pessoa, Natal e Recife. Os comparsas de Magliano ainda não foram presos.

O acusado foi localizado e preso por policiais do GOE, quando estava hospedado em um flat, no bairro de Manaíra. No apartamento, os agentes encontraram vários documentos de vítimas, cartões clonados e falsificados e diversas notas fiscais. Após efetuarem a prisão, os policiais descobriram ainda que Magliano é acusado de cometer um homicídio no último mês de novembro. O delegado Idelmar Rodrigues aproveitou a notícia para convocar eventuais vítimas desses golpes a comparecerem na sede do GOE, que fica na Secretaria de Segurança, em Mangabeira, com o objetivo de aumentar as provas contra o acusado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 559 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal