Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

10/05/2007 - O Estado de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quadrilha é presa com 117 cartões clonados no grande ABC

Por: Ricardo Valota


SÃO PAULO - Uma quadrilha especializada em clonar cartões bancários e de crédito foi presa, na noite de quarta-feira, 9, no Grande ABC. No total, foram sete prisões, ocorridas em São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul. Dois dos detidos são pai e filho, ambos já com passagens por estelionato, segundo a polícia.

Eram 18h30 quando policiais militares desconfiaram de dois ocupantes de um veículo Corsa vinho parado na Estrada das Lágrimas, em São Caetano, na divisa com São Bernardo. Com Cícero Jailton Bezerra do Amorim, de 19 anos, e Francisco Diego Marques Pereira, de 20 anos, os policiais aprenderam 29 cartões e alguns extratos de conta corrente.

Segundo a polícia, Francisco ligou para Luiz Gomes de Amorim, de 40 anos, pai de Cícero, pedindo para que este trouxesse R$ 1 mil e um notebook que seriam entregues aos policiais em troca de um possível relaxamento do flagrante. Fingindo ter aceitado o suborno, os policiais então marcaram um local para a entrega, já em São Bernardo do Campo.

Luiz, pai de Cícero - ambos já indiciados em outra ocasião por estelionato - e Sebastião Alves de Souza Silva, de 31 anos, chegaram em um Fiat Uno preto e entregaram aos policiais o que havia sido prometido. Detidos por corrupção ativa, os quatro criminosos acabaram entregando os demais, um deles Alcides Rodrigues de Oliveira, de 26 anos, em cuja casa, no bairro de Divinéia, em São Bernardo do Campo, foram apreendidos nove cartões.

Foram presos também Fabiano Alves de Lima, e 26 anos, e Weskley Santos, de 24 anos. Com eles, foi apreendido outro Fiat Uno preto.

Na casa de Luiz, no Parque Seleta, também em São Bernardo do Campo, estava o restante do material em poder da quadrilha. Segundo os policiais, foi apreendido um total de 117 cartões, um notebook, um computador, senhas de cartões, extratos bancários e um aparelho usado para furtar dados de cartões, conhecido como "chupa-cabra".

"Eles têm o esquema deles e com certeza devem contar com a ajuda de terceiros, pois instalam esses aparelhos neste caixas eletrônicos que ficam em quiosques, o cliente vai lá, faz a operação, os dados ficam registrados no aparelho depois são transferidos para o computador. Não sei como, mas esses dados são transferidos para o cartão em branco.", explicou o sargento Valdenilson, responsável pela equipe que realizou a prisão da quadrilha.

Os criminosos foram autuados por furto qualificado e formação de quadrilha no Distrito Policial Sede de São Caetano do Sul. Cícero saiu da cadeia há dois meses por meio de um alvará de soltura.

Tanto os dois Fiat Uno como o Corsa não são roubados segundo os policiais.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 850 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal