Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

26/06/2010 - Extra Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatários presos teriam ligação com quadrilha do casamento

Por: Fernando Torres


Policiais do 34º BPM (Magé) prenderam, nesta sexta-feira, um casal de estelionatários suspeito de ter envolvimento com a quadrilha desbaratada no último dia 12, quando 19 pessoas foram presas, oito delas em uma cerimônia de casamento, incluindo noivos, padrinhos e convidados. Kátia Ferreira, de 25 anos, e Anísio Mário de Souza, de 37 anos, foram levados para a 66ª DP (Piabetá). Com eles, foram apreendidos 27 cartões de crédito, 15 cartões de débito, um talão de cheques com folhas assinadas e R$ 7.850 em espécie.

Por volta das 16h desta sexta, quatro PMs abordaram a dupla, que estava em um Audi A3 amarelo, com placa de São Pedro da Aldeia, na Rodovia Washington Luiz, altura de Mauá, em Magé. Há uma semana, os policiais receberam uma denúncia que dava pistas do envolvimento do casal em um esquema de fraude bancária. Dentro do veículo, foram encontrados os cartões, documentos de identidade, duas agendas e um laptop, além de R$ 5.380 em notas. O restante do dinheiro estava na bolsa de Kátia.

A mulher afirmou que o esquema contou com a participação de uma terceira pessoa, Francisco Carlos de Lima Silva, o Batata, de 29 anos, que está sendo procurado para prestar esclarecimentos à polícia. Ela forneceu detalhes de um dos golpes. Segundo Kátia, Francisco a procurou, em maio, dizendo que eles poderiam ganhar dinheiro fácil com um esquema. Batata teria clonado cartões de uma conta que a mulher tem no banco Bradesco. Em seguida, Kátia e Anísio foram até a agência do Centro de Magé e fizeram diversos saques com um cartão falsificado, totalizando R$ 7.850. Ela entrou em contato com o banco, disse que havia sido vítima de clonagem, e conseguiu o ressarcimento do valor. Então, sacou novamento a grana.

De acordo com os PMs que efeturaram a prisão, o tipo de golpe, o modo como foi aplicado e o local de atuação do casal são indícios de uma possível ligação com o bando preso há 14 dias. Anísio de Souza tem quatro passagens pela polícia. Foi preso acusado de tentativa de homicídio, mas ficou apenas 42 dias na cadeia. Também respondeu a inquéritos por estelionato, furto de linha telefônica e homicídio culposo ocorrido em um acidente de trânsito.

Quadrilha presa no casamento

No dia 12 de junho, 19 pessoas foram presas em uma operação que envolveu policiais civis de oito delegacias especializadas. Oito estavam em um cerimônia de casamento, em um sítio, no município de Magé, incluindo os noivos Maxwell da Costa e Rayza Gomes e o padrinho Raphael da Costa. Segundo a polícia, a quadrilha era especializada em desviar cartões de crédito enviados pelo correio. O esquema teria arrecadou R$ 5 milhões. De acordo com a investigação, o chefe seria Wanderson Marques, que comandava os golpes de dentro da prisão, onde cumpre pena por receptação.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 276 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal