Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

13/05/2007 - Agência Brasileira de Notícias Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatários são presos pela Polícia Civil em Limeira


SÃO PAULO - Dois líderes de uma quadrilha de estelionatários, que anunciava em jornais e internet empréstimos pessoais a juros baixos, foram presos nessa quinta-feira (10), na cidade de Limeira, a 151 quilômetros da capital. Policiais do Setor de Investigações Gerais (SIG) de São Bernardo do Campo (ABC paulista), em poder de mandado de busca e apreensão, efetuaram as prisões na rua Santa Cruz, 603, onde funcionava o “escritório” deles. Foram apreendidos no local dois computadores notebooks, 15 aparelhos celulares, duas motocicletas, um carro e uma van.

J.R.C., de 42 anos e O.R.A., de 40 anos, foram autuados em flagrante por estelionato e conduzidos à delegacia Seccional de São Bernardo, onde foram iniciadas as investigações e elaborado o Boletim de Ocorrência.

De acordo com Roberto Alonso, chefe dos investigadores do SIG, esta quadrilha é composta por sete pessoas, sendo que cinco delas já estão presas. Além dos dois presos ontem, os policiais já haviam prendido outros três, na cidade de Santo André.

A ação da quadrilha

A quadrilha anunciava em jornais e internet, empréstimos pessoais a juros baixos. Quando o interessado entrava em contato com a quadrilha, era exigido o depósito, na conta dos estelionatários, de uma “taxa de seguro”, assim denominada pelos criminosos, que correspondia a 10% do valor do empréstimo.

Caso o depósito não fosse efetivado, os estelionatários diziam não ser possível liberar o dinheiro solicitado. Feito o depósito, a vítima ficava a “ver navios”.

Um taxista, que pretendia fazer um empréstimo de R$ 70 mil para comprar um ponto, caiu no golpe do falso empréstimo. “Eu depositei R$ 1.875,00 referente a essa ‘taxa de seguro’ e não recebi o empréstimo até agora”, declarou.

Ainda na delegacia, o taxista comentou, indignado, a sensação de ser vítima deste golpe: “O que impressiona é que as pessoas (estelionatários) sabem conversar, o que realmente me iludiu. Agora aprendi que sempre devemos desconfiar das coisas que são muito fáceis de serem adquiridas”.

De acordo com Paulo Gilberto Negrão, delegado responsável pelas investigações, o modus operandi desta quadrilha é bem semelhante ao do estelionatário chamado Luís Carlos Bravim, preso em Jundiaí no dia 6 de outubro de 2005 que, segundo a Polícia Civil, teria arrecadado, com falsos anúncios de vendas de carros, cerca de R$ 6 milhões.

Àqueles que foram vítimas desta quadrilha de estelionatários, devem entrar em contato com a delegacia Seccional de São Bernardo do Campo, pelo telefone 4330-3230, ou pessoalmente, na rua Anunciatta Gobbi, 75, Vila Euclides.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 429 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal