Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

26/06/2010 - Agora SP / Folha de S.Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpe utiliza caixa eletrônico velho


Caixas eletrônicos usados, que deveriam ser destruídos tão logo saíssem das agências bancárias ou de lojas de conveniência, estão sendo revendidos e transformados em equipamentos para roubar dados de clientes e, assim, permitir saques.

A polícia paulista investiga esse esquema, que envolve empresas de manutenção de equipamentos, técnicos e, possivelmente, funcionários dos bancos. A estimativa é que mais de R$ 1 milhão tenham sido desviados das contas de clientes dos principais bancos do país.

Ao menos três inquéritos foram abertos em diferentes delegacias para investigar o esquema na Grande SP.

No mais recente, policiais apreenderam em uma empresa de manutenção de caixas eletrônicos 105 HDs -discos que armazenam dados de computadores.

A reportagem apurou que seis empresas e 35 técnicos são alvo da investigação sobre fraudes nos caixas eletrônicos e falsificação de documentos. Entre as empresas investigadas, estão a Diebold Procomp e a Revac, que negam as irregularidades.

O esquema funciona assim: o técnico de uma empresa de manutenção é chamado para substituir o caixa eletrônico de uma agência.

Em vez de destruir o HD da máquina na presença de um funcionário do banco, como deveria ser feito para evitar fraudes, ele leva o terminal para um galpão. Lá, outros técnicos retiram o HD e o revendem por até R$ 300.

Com esse equipamento, além de facilitar o roubo dos dados, é possível ainda construir máquinas de videobingo ou de caça níqueis.

A polícia quer saber se funcionários das agências contribuíram com a fraude.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 300 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal