Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

25/06/2010 - Diário do Pará Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Carteiro desviava cartões de crédito


No início da manhã de ontem, dois homens, sendo um deles um funcionário dos Correios, foram abordados por policiais da Delegacia de Repressão a Crimes Tecnológicos, na avenida Rodolfo Chermont, bairro da Marambaia, em Belém. Tratava-se da prisão em flagrante da dupla dentro da operação “Insinuante”, deflagrada há cinco meses.

Ao longo das investigações, foi constatado que Luiz Paulo Cardoso da Fonseca, que trabalha como carteiro no Centro de Distribuição dos Correios (localizado ao lado do Estádio Olímpico Mangueirão) interceptava cartões de crédito e comercializava cada unidade por R$ 100,00 para Jairo Cabral Rezende. Este, por sua vez, revendia a unidade por R$ 500,00 para outra pessoa.

Esse terceiro indivíduo encarregava-se de falsificar documentos com o nome dos respectivos titulares dos cartões de crédito e efetuava aquisições de alto valor em diversas lojas. “Geralmente, eles compram eletroeletrônicos e repassam para uma quarta pessoa por um preço 60% menor que o valor de mercado”, explicou a delegada Beatriz Machado, titular da Delegacia de Repressão a Crimes Tecnológicos.

Em depoimento, Jairo Rezende afirmou que Luiz da Fonseca – que trabalha como carteiro há oito anos – é viciado em drogas. Por conta disso, quando necessita de dinheiro, o carteiro articula a obtenção e comercialização dos cartões, de modo que o possibilite comprar drogas. Jairo foi autuado por estelionato e Luiz irá responder por estelionato e peculato, crime cometido no exercício de cargo público.

ESCLARECIMENTO

A delegada Beatriz Machado ressaltou que os cidadãos que adquirem produtos roubados – no caso citado na matéria, os eletroeletrônicos - por um valor 60% mais barato, mesmo com nota fiscal, responderão pelo crime de receptação de produto de roubo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 191 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal