Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

23/06/2010 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ficha Limpa: antes tarde do que mais tarde

Por: Luiz Valério Rodrigues Dias


No último dia 17, os cidadãos de bem do Brasil inteiro comemoraram a decisão do TSE de que as regras da Lei Ficha Limpa já serão válidas para a disputa eleitoral de outubro de 2010. Ou seja, vários políticos considerados históricos, condenados por decisão colegiada, estarão impedidos de se candidatar, juntamente com uma legião de apaniguados que seguem a cartilha da dinastia da corrupção pela via democrática da eleição.

O Brasil tornou-se um país de ficção jurídica. Mas, agora, com a decisão do TSE, a esperança é de que vários políticos corruptos, assassinos, pedófilos, grileiros e que praticam outras formas de bandidagem, fiquem sem mandatos por muito tempo.

O interessante é que o projeto Ficha Limpa nasceu em berço popular, devido à indignação do cidadão com a postura dos agentes do legislativo, que incorporaram a certeza absoluta de que estão acima das leis. Acreditam que serão sempre beneficiados por uma perversa rede de proteção institucional, devido às relações incestuosas entre legislativo, executivo e judiciário.

Por isso, entendo que se políticos não têm responsabilidade social eleitoral, o TSE possui institucionalmente essa responsabilidade e, portanto, pode e deve agir no vácuo causado pela indecência política. Nesses casos extremos, formadores de opinião conservadores irão acusar o Tribunal de judicializar a política. Ledo engano, pois o órgão nasceu para MORALIZAR a eleição brasileira.

O TSE faz parte de um dos três poderes constituídos em Brasília.Se, para mim, Brasília tornou-se um fractal geográfico de rara beleza, a cidade, infelizmente, acabou se tornando um fractal político, com imperfeições gigantescas.

Brasília sofre com o gigantismo de um modelo político, por estar aprisionada a homens públicos que a desonram e mancham com as cores da corrupção. Esses agentes políticos têm a certeza da impunidade para todo e qualquer ato praticado por eles em Brasília.

Se cidadãos, erradamente, votarem em um político corrupto, em menos de três horas após a votação, a justiça eleitoral já pode informar que esse político foi eleito.Contudo, se esse mesmo político for denunciado por uso indevido de recursos na campanha, possivelmente, essa mesma justiça poderá demorar anos para julgar o processo. Assim, o político eleito em pouco mais de duas horas e meia só seria julgado após o término do seu mandato.

Investe-se milhões de reais para garantir a celeridade do processo eleitoral e difundir a versão de que o Brasil tem o melhor processo eleitoral do mundo. Para mim, deveríamos utilizar a alta tecnologia para impedir que corruptos, pedófilos e demais bandidos participem do processo democrático da eleição.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 214 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal