Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

10/05/2007 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF desarticula quadrilha que desviava dinheiro no Corcovado


O acesso ao Cristo Redentor, no morro do Corcovado, no Rio, foi interditado por tempo indeterminado pela Polícia Federal no início da manhã desta quinta-feira (10). A ação faz parte da operação Iscariotes, batizada em referência ao traidor de Cristo, de combate a uma quadrilha que desviava recursos arrecadados na taxa de pedágio para acesso ao monumento.

O delegado Alexandre Saraiva, da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra o Meio Ambiente e Patrimônio Histórico (Delemaph), estima que cerca de R$ 500 mil eram desviados mensalmente. Entre os presos estão oficiais da Polícia Militar e funcionários da empresa Trade Rio, que administrava o pedágio. Foram expedidos 22 mandados de prisão e 30 de busca e apreensão pela 5ª Vara Federal Criminal do Rio.

Nove presos

Até agora foram presas nove pessoas. Um deles, o operador de caixa Carlos Geisi, que faturava R$ 50 mil reais por mês com a fraude. Ele foi preso em Fernando de Noronha, em Pernambuco. Os vigilantes Carlos Henrique de Castro Tomé, Fernando Vasconcelos Soares, Hamilton Simão da Silva, Jeckson Bezerra Moura, Rubens dos Santos Martins e Silvano Jorge Côrreia Barbosa.

Um dos donos da empresa Jeep Tour que faz passeios turísticos foi preso em Copacabana, na Zona Sul. Trinta veículos foram lacrados. Um policial militar do Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTur) também foi presos e outros três policiais do mesmo batalhão estão detidos sob suspeita de participação no golpe.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 453 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal