Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

24/06/2010 - Diário do Nordeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Presos funcionários da AL acusados de fraudes

Por: Emerson Rodrigues

Policiais Federais fizeram buscas na sala onde funciona a Primeira Secretaria da Mesa Diretora da Assembleia.

Três pessoas presas, entre elas dois empresários e uma servidora da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE), outras duas foragidas e uma fraude em licitações públicas no valor estimado de R$ 30 milhões. Esses são os desdobramentos da ´Operação Goliath´, desencadeada ontem, pela Polícia Federal, em parceria com o Ministério Público Estadual (MPE) e a Controladoria Geral da União (CGU).

De acordo com a PF, a quadrilha, que vinha sendo investigada desde 2007, atuava no desvios de verbas públicas em, pelo menos, dez municípios do Ceará e em órgãos da estrutura administrativa nos âmbitos federal e estadual. As fraudes, segundo as investigações da PF, ocorreram, principalmente, em licitações para locação de veículos e, também nos contratos de construção de obras públicas.

As três pessoas presas durante a operação foram o empresário Mirgon de Oliveira Oiteral, do ramo de construção e publicidade, com atuação principalmente no Município de Trairi; Jânio Falcão do Carmo, dono da empresa ´Litorânea Rent a Car´ e servidor da AL; e a também servidora da assembleia, Maria Lúcia Ramos Martins. Outras duas pessoas, cujos nomes não foram divulgados, estão com prisão preventiva decretada e continuam sendo procuradas.

Durante uma concorrida entrevista coletiva realizada na tarde de ontem, na sede da PF, o superintendente regional do órgão, delegado federal Aldair Rocha, afirmou que, além das prisões, foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão expedidos pela 11ª Vara da Justiça Federal e pela 2ª Vara da Comarca de Pacatuba.

Assembleia

Um dos locais onde foram cumpridos mandados de busca e apreensão foi a Assembleia Legislativa. Na manhã de ontem, um grupo formado por sete policiais federais esteve no gabinete da Primeira Secretaria da Mesa Diretora A movimentação dos ´federais´ chamou a atenção de parlamentares e funcionários da casa. Havia a informação de que dois servidores haviam sido presos nos gabinetes.

Contudo, segundo a PF, as prisões ocorreram nas residências dos suspeitos, e não na AL. O superintende da PF frisou mais de uma vez durante a coletiva que, a operação não tinha ligação com a assembleia ou com parlamentares. "As buscas visaram as mesas funcionais dos dois servidores daquela casa, que também trabalham nas empresas investigadas".

O representante da Procuradoria dos Crimes Contra a Administração Pública do Ministério Público Estadual (MPE), promotor Eloílson Landim, explicou que, a quadrilha atua onde for possível, desde prefeituras a órgãos federais e estaduais, "mas a maioria das fraudes ocorreu em prefeituras", ressaltou.

Farsa

Landim chamou de "grande farsa", algumas das obras investigadas pela ´operação Goliath´. Segundo ele, muitas nem existem e outras são realizadas com fraudes em várias etapas do processo licitatório. Já o assessor da CGU, Elíbio Estrela, disse que, ainda não é possível afirmar quantas empresas ´fantasmas´ estão envolvidas nas irregularidades. "Os dados serão analisados e depois divulgaremos essas informações".

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 436 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal