Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

21/06/2010 - Angola Press Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Aberto inquérito contra um ministro suspeitado de fraude


Abidjan, - O Presidente ivoiriense, Laurent Gbagbo, ordenou a abertura domingo de um inquérito sobre suspeitas de desvio de dinheiro, visando o ministro do Interior Désiré Tagro, soube-se de fonte oficial.

"O Presidente da República acaba de indigitar neste dia (domingo) Tchimou Raymond, o procurador da República junto do Tribunal de primeira instância de Abidjan-Plateau, para abrir um inquérito", indicou numa declaração Gervais Coulibaly, porta-voz de Gbagbo.

Este inquérito, cujo resultado é esperado dentro de um mês, deverá esclarecer as acusações feitas em princípios de Junho de 2010 contra Tagro pelo presidente da Assembleia Nacional, Mamadou Koulibaly - ambas personalidades da Frente Popular Ivoiriense (FPI,
partido presidencial) - seguidas por alguns órgãos de imprensa.

Assim, deverá determinar se o ministro favoreceu a sua tribo de origem para entrar na Escola de Polícia e verificar se directa ou indirectamente comercializou os lugares postos ao concurso ou se fez obstrução aos processos instaurados contra uma pessoa que
os teria vendido.

Deverá também determinar se Tagro desviou para a sua conta ou para a conta de outrem as somas em dinheiro, postas a disposição das edições 2007, 2008 e 2009 do Hajj (peregrinação muçulmana á Meca) e definir o montante destes eventuais desvios.

"O ministro do Interior desviou as somas pagas ao Estado da Côte d'Ivoire pela sociedade Trafigura para a indemnização das vítimas dos resíduos tóxicos?" derramados em 2006 em Abidjan, questionou o porta-voz.

Por último, recebeu sozinho ou com outrem (nomeadamente o Primeiro-ministro) a soma de dez bilhões de francos CFA (15 Milhões de Euros) que lhe teria sido paga a título de comissão pela sociedade Sagem Sécurité, indagou-se Gervais Coulibaly.

A Sagem é o operador técnico francês implicado no processo eleitoral ivoiriense, que deve conduzir às presidenciais, ncessantemente adiadas, desde 2005.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 233 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal