Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

21/06/2010 - Folha de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Na Itália, cardeal acusado de corrupção nega ligação a fraudes imobiliárias


O cardeal-arcebispo de Nápoles, Crescienzo Sepe, ex-administrador do imenso patrimônio imobiliário do Vaticano, clamou inocência nesta segunda-feira ante suspeitas de corrupção agravada, em meio a um escândalo que custou o cargo a um ministro do governo Berlusconi.

"Agi sempre com a maior transparência", afirmou o cardeal, em Nápoles, sobre sua gestão, de 2001 a 2006, da Congregação para a Evangelização dos Povos, uma das mais poderosas do Vaticano - proprietária de 2.000 apartamentos em Roma que, segundo dados oficiais de 2009, renderam ao Vaticano 56 milhões de euros em aluguéis [R$ 122 milhões].

O cardeal afirmou que sempre trabalhou "com balanços aprovados pela Secretaria de Estado" e que, ao término de seu mandato recebeu elogios por meio de uma carta recebida pela cúpula da Igreja. As declarações foram atribuídas a Sepe numa entrevista coletiva realizada em Nápoles.

Segundo o advogado de Sepe, Bruno Von Arx, "não há nada de significativo criminalmente" na administração do cardeal, retirado da chefia da congregação em 2006 pelo papa Bento 16 e enviado a Nápoles, como arcebispo da cidade.

Em entrevista coletiva em Nápoles, Sepe disse que trabalhou sempre tendo em mente os católicos. "Eu sempre agi com boa consciência, meu único objetivo foi o bem da Igreja", afirmou, acrescentando que recebeu dezenas de ligações em apoio da Igreja Católica e de oficiais do Vaticano.

Sepe, que como cardeal goza de imunidade diplomática, segundo a Concordata assinada entre a Itália e o Vaticano (convenção entre o Estado e a Igreja acerca de assuntos religiosos de uma nação) anunciou domingo que colaborará com a justiça italiana, pelo que será ainda ouvido pelo ministério Público de Perugia.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 146 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal