Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/06/2010 - Portal Caparaó Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpe pelo telefone: Duas mulheres enganadas em Carangola

Por: Carlos Henrique Cruz


Duas mulheres foram vítimas de golpe pelo telefone em Carangola, na tarde desta sexta-feira, 11. A história é sempre a mesma: golpistas se passam por parentes e pedem créditos de celular.

Uma aposentada de 78 anos estava em casa com a família quando o telefone tocou. A ligação a cobrar foi atendida pelo neto dela. Um homem no telefone se identificando como João, morador de Macaé e parente de um genro da aposentada, disse que estava viajando para Carangola de surpresa e o carro quebrou. Em seguida, para aplicar o golpe, falou que precisava de dinheiro e crédito de celular para resolver o problema.

Depois de ouvir a história, a aposentada mandou o neto comprar dois cartões de créditos para celular no valor de 42 reais e repassou as senhas para o golpista.

Mais tarde, outra ligação. Agora o golpista usou o nome de Delfino, outro genro da aposentada, e pedia mais dinheiro. Foi nessa hora que as filhas dela chegaram e perceberam que era um golpe. Ligaram para os parentes e confirmaram que eles estavam bem em suas casas.

O número utilizado pelos golpistas foi um celular: 062 9270 1029. A ocorrência foi registrada pela Polícia Militar.

OUTRO GOLPE

O mesmo golpe foi passado em uma dona de casa de 52 anos em Carangola na tarde desta sexta.

A mulher recebeu uma ligação a cobrar de um homem que se identificou como seu sobrinho falando que estava com o carro de um amigo que quebrou próximo ao trevo. No golpe, ele disse que precisava que ela colocasse créditos no seu celular para que pudesse chamar um mecânico.

A mulher pediu à filha para comprar 22 reais de créditos. Minutos depois o homem ligou novamente e ela forneceu os códigos. Mais tarde o golpe foi descoberto. O filho chegou do trabalho e a indagou sobre o cartão raspado. Ele a alertou sobre o golpe e ligaram para o verdadeiro sobrinho, que estava em Manhumirim e não fez ligação alguma para a tia.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 211 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal