Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/06/2010 - Extra Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Quadrilha de estelionatários é desarticulada

Por: Bernardo Moura


Do altar para a cadeia. Uma quadrilha de estelionatários que aplicava golpes com cartões de crédito foi desarticulada neste sábado por policiais civis. Um casal de noivos, padrinhos e convidados — totalizando sete pessoas — foram detidos após o casamento na operação "Não tem preço". A cerimônia acontecia no Sítio Moranguinho, na Praia de Mauá, em Magé. Além disso, outras sete pessoas foram presas ontem, em várias ações.

A operação foi comandada pelo delegado Carlos Alberto Oliveira, da Subchefia Operacional da Polícia Civil, a partir de uma investigação da Delegacia Especial de Apoio ao Turista (Deat), cujo responsável é o delegado Fernando Vila Pouca. O grupo comprava passagens aéreas, bebidas e eletrodomésticos com cartões de crédito que eram desviados dos Correios há cerca de três anos. Em seis meses, o bando teria dado um prejuízo de R$ 5 milhões aos bancos.

Apesar da prisão dos noivos — levados para a Deat —, a festa de casamento não foi interrompida, mas caixas de bebidas foram apreendidas. Wanderson dos Santos Marques, de 29 anos, que seria o líder do grupo, já estava preso em Niterói. Outro integrante — Wagner Campos de Oliveira, de 27 — foi detido ao longo das investigações. Ao todo, foram expedidos 26 mandados de prisão (dez ainda a serem cumpridos) e 13 de busca.

Policiais da Polinter também prenderam Cristiano Silva de Oliveira, de 33 anos, em Realengo. Ele, que é funcionário dos Correios, seria responsável por desviar os cartões de crédito, com o apoio de carteiros terceirizados. O bando criava empecilhos para a entrega dos cartões. Em vez de devolvê-los aos bancos, a quadrilha os revendia por R$ 200 cada.

Os noivos detidos são Rayza de Souza Gomes, de 20 anos, e Maxwell da Costa Silva, de 23. Ainda foram presos Diego de Souza Gomes, de 23; Raphael de Costa Silva, de 20; João Luis Francisco da Silva, de 28; Carlos Alexandre Machado da Silva, de 29; Fábio Anderson de Oliveira Castro, de 31; Fabiano Hilton Alcelino, de 28; Herlan Rodrigues de Oliveira, de 46; João Jorge Crisostomo, de 37; Juçara Ferreira Campos, de 50; Paulo Cavalcante Loiola, de 32; e Paulo Maurício de Souza Mello, de 54.

A polícia apreendeu ainda carteiras de trabalho, identidade e habilitação falsificadas; computadores; vários cartões de crédito; eletrodomésticos; e mais de cem caixas de cerveja.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 351 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: Jessé Rodrigues Pinto Ribeiro - 14/06/2010 14:14

Que maravilhas vermos casos resolvidos. Que por este meio comunicador venho desejar o mesmo para a EMPRESA PENTASHOP (www.pentashop.com.br). Ninguem tira a empresa do AR. Justiça não segue adiante. Desde 2006 praticando Estelionato e se escondendo atrás de um atendimento de boas vendas, mas não ENTREGAM OS PRODUTOS AOS USUÁRIOS. Eles sabem que na Justiça todos estão PERDENDO A CAUSA e continuam atuando. Empresa Volkan Comercio de Eletro Eletronicos Ltda - atuando seu estelionato no seguinte endereço: Av. Cidade Jardim, 427 - cj 62 - Itaim Bibi - São Paulo - Edifício São Matheus. Produtos de menores valores até entregam depois de inúmeras ligações. Minha compra de 1300,00 nunca mais. E os demais clientes estão sendo lesados. Pena que a polícia somente manda a gente entrar na Justiça. Que pena! Somos assaltados na cara de PAU. TENHO TUDO PARA COMPROVAR. NINGUEM FAZ NADA. VOCE ACHA QUE A JUSTIÇA ESTA PREOCUPADA COMIGO E DEMAIS CLIENTES? AQUI FICA MINHAS PALAVRAS DE DECEPÇÃO!!!



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal