Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

09/06/2010 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraudador de Wall Street, Madoff é visto como "celebridade" por companheiros de prisão, diz "NYT"


RIO - Uma celebridade, um herói. É assim que o megainvestidor Bernard Madoff, condenado a 150 anos de prisão pela maior fraude financeira da história de Wall Street, é visto por muitos de seus colegas de prisão. Reportagem do jornal americano "The New York Times" revela que para os companheiros de cadeia, o sonegador é um símbolo de admiração. Eles ficaram impressionados pela grande escala da operação de Madoff e costumam se voltar à ele como um guia para obter suas próprias ambições.

Segundo o jornal americano, Madoff anda pelos corredores com o ego inflado. Ele, que sempre apreciou ser um conselheiro para ricos e poderosos, quer ser lembrado como um titã de Wall Street.

Os colegas de prisão de Madoff têm o hábito de procurá-lo para buscar dicas para investimentos, sem levar em conta, é claro, suas trapaças. Muitos o consideram um empreendedor. Madoff acumulou símbolos de sucesso e para criminosos, diz o jornal americano, isso conta.

Na complexo de prisão de Butner, Madoff fica ocupado reunindo uma série de conforto. Ele contratou os serviços de um colega para cuidar da sua roupa suja por US$ 8 por mês. Uma vez por semana, Madoff faz fila junto ao serviço de mercado da prisão para comprar uma lista de mercadorias que vai de aparelho de rádio, coca diet e doces macarrone. Ele recebe algumas assinaturas de jornal via email. Algumas vezes, relaxa em cima de banco de pic nic em um terraço do lado de fora de sua unidade.

No tribunal, Madoff admitiu ter feito lavagem de dinheiro, ter cometido perjúrio e dado falsas informações à comissão de valores mobiliários dos Estados Unidos (Securities and Exchange Commission - SEC) e ter roubado de um empregado parte de seus benefícios.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 221 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal